Governo economizará R$ 2 milhões com novo contrato de imóvel – Notícias – mt.gov.br

O Governo de Mato Grosso irá implantar um Centro Logístico de Armazenamento e Distribuição do Estado (Celad) para armazenar materiais permanentes, temporários, equipamentos e mercadorias oriundos de apreensões de diversas secretarias. Com essa medida, o Estado economizará cerca de R$ 2 milhões no período de contratação, já que atualmente cada pasta tem o seu espaço de distribuição e armazenamento.

O imóvel está localizado no Distrito Industrial e tem área total de 85 mil m², sendo 20 mil m² de área construída. Neste primeiro momento fazem parte do projeto as Secretarias de Gestão,  Saúde, Meio Ambiente, Segurança, Fazenda, Educação, Corpo de Bombeiro, Polícia Judiciária Civil, Polícia Militar, Politec, Defesa Civil e Junta Comercial. 

A ideia é centralizar esse armazenamento e distribuição evitando assim a locação de vários imóveis como ocorre atualmente, além da otimização e maior controle da distribuição. 

O local também comportará um Batalhão de Emergências Ambientais do Corpo de Bombeiros, uma antiga reivindicação da Associação das Indústrias do Distrito Industrial. 

O Celab terá controle de entrada, saída e de validade de forma centralizada e com gestão especializada, gerando economia de custos diretos e indiretos, logística mais eficaz, controle de estoque e segurança, além de uma armazenagem e distribuição eficientes. Outra grande economia a ser gerada será com despesa de pessoal, segurança armada, água, energia, telefone etc.

A contratação obedeceu a todos os requisitos legais contidos no diploma legal da 8.666/93,  exigíveis em um processo desta natureza, contando inclusive com a manifestação técnica da Controladoria Geral do Estado e de parecer jurídico da Procuradoria Geral do Estado, anuindo com a regularidade da instrução processual e jurídica da mesma. 

Também faz parte dos autos a avaliação da Secretaria de Cidades, órgão responsável por analisar e avaliar os processos de locação que envolve o Executivo Estadual, corroborando com o valor real de mercado a ser devido pela contratação para ser posto em negociação com as partes envolvidas.

Comentários Facebook