Governo lança programa par aumentar a transparência nos pequenos negócios

Rafaella Zanol / GCom MT

O Governo do Estado de Mato Grosso, por meio do Gabinete de Transparência e Combate à Corrupção (GTCC), lançou o programa Ser Empresa, que objetiva sensibilizar os empresários da importância em desenvolver um programa de integridade das empresas e ampliar horizontes de mercado. O lançamento aconteceu na noite de quinta-feira (24), no Salão Nobre Cloves Vetoratto, no Palácio Paiaguás, em Cuiabá.

O programa é uma parceria do GTCC com o Serviço Brasileiro de Apoio e Micro e Pequena Empresa (Sebrae), Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle Geral da União (CGU) e o Tribunal de Contas da União (TCU). 

O foco do programa inclui ainda a orientação de empresas de micro e pequeno porte a trabalharem o código de ética do próprio negócio. O Gabinete de Transparência e também o Sebrae do Estado oferecem cursos e treinamentos voltados para a área, possibilitando negócios com instituições governamentais e grandes clientes.

De acordo com secretária de Estado do Gabinete de Transparência, Adriana Vandoni, a meta deste programa é ensinar aos pequenos negócios as diretrizes básicas do Compliance, evitando que essas empresas não percam seu espaço no mercado. O tema foi debatido em um seminário “Ser Empresa – Compliance e Compras Governamentais”, que antecedeu o lançamento do programa.

Aproximadamente 95% das empresas brasileiras são formadas por pequenos negócios. “Para que essas empresas não sofram com pesadas sanções, previstas na Lei Anticorrupção, elas precisam adotar um efetivo Programa de Compliance”, alertou o secretário adjunto da pasta, Matheus Cunha.

A gerente administrativa do Sebrae, Zaira de Mello Pereira, explica que o programa auxilia os microempresários a participarem, inclusive, dos processos licitatórios. A microempresária de Cuiabá Glaucia Macedo, que trabalha no ramo de nutrição clínica, participou do evento e vai implantar o programa no negócio.

O seminário é resultado de uma parceria entre o Governo do Estado, o Tribunal de Contes da União (TCU), e o Sebrae-MT.

Comentários Facebook