Guarda Municipal e órgãos de segurança realizam Blitz educativa


Motoristas que trafegam pela Avenida 31 de Março – na região do grande Cristo Rei – foram surpreendidos na manhã de hoje (21), com uma blitz educativa que envolveu policiais da Guarda Municipal, do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e Detran. A ação faz parte das atividades desenvolvidas na Semana Nacional do Trânsito, e tem por objetivo chamar a atenção dos condutores de veículos e motociclistas, sobre os cuidados que devem ter enquanto dirigem, além de atenção redobrada quanto à velocidade permitida para cada via.

Segundo dados operacionais confeccionados pela Guarda Municipal, neste fim de semana foram registrados 27 acidentes, envolvendo carros e também motos, e destes, 12 vítimas precisaram de atendimento médico. Ontem, apenas um acidente foi registrado pela equipe da Guarda Municipal.

Para o comandante da GM, Alison Baracat Salgado, a falta de conscientização de alguns condutores de veículos, aliada a pressa e ao uso de bebida alcoólica são fatores que têm contribuído para o aumento das ocorrências de acidentes no município. “Queremos reduzir esses números, mas para que isso aconteça é necessário que o motorista cumpra com o que prevê o Código de Trânsito Brasileiro, e que faça a sua parte, evitando acidentes ou danos irreparáveis, dependendo da situação”.

O comandante disse ainda que outras blitze educativas serão realizadas em várias regiões da cidade, como forma de chamar a atenção dos motoristas bem como autuar, caso necessário, aqueles que estão dirigindo de forma irregular, colocando a sua vida e a de outros em perigo. “Uma de nossas atribuições é organizar o fluxo de veículos nas principais vias de acesso a cidade, e temos feito de forma diária, porém o que percebemos é que em avenidas com grande movimentação motoristas ainda insistem em desrespeitar as normas de trânsito”.

Quanto ao levantamento feito pelo Departamento Estadual de Trânsito, que apontou o município de Várzea Grande como um dos mais perigosos de Mato Grosso, o comandante informou  que essa avaliação não é motivo de orgulho, porém é necessário que se haja o comprometimento de todos, do poder público e da população em geral para se ter um trânsito mais seguro, e com menos registros de acidentes.

Durante o evento, os policiais também alertaram sobre a obrigatoriedade do uso de equipamentos de segurança, como cinto e a utilização de cadeirinha caso transporte criança (para os motoristas) e a utilização correta do capacete (para os motociclistas), dicas de segurança, bem como a data de validade dos capacetes que é de três anos, e também a importância de refletivos que tem no capacete e que muitas vezes estão deteriorados em função do tempo de uso, entre outras informações, necessárias e tão importantes para se evitar acidentes.  

Comentários Facebook