Hazama coloca nome na disputa à prefeitura e deve se filiar ao DEM

O vice-prefeito de Várzea Grande, José Aderson Hazama (PRTB) declarou, durante entrevista ao programa Tema Livre, transmitido pela TVG, canal 16, que seu nome encontra-se a disposição do grupo político liderado pelo senador Jayme Campos (DEM) para disputar a eleição municipal. Todavia, o nome escolhido só será definido no ano que vem.

“Eu pertenço a um grupo político e meu grupo pede que se fale de política apenas em 2020, pois há muita água para rolar. Não sei se continuo dentro do próprio partido ou se posso buscar um outro partido. Eu posso te dizer que pertenço a um grupo político e serei soldado desse grupo. O Jayme falou outro dia que: quem for amigo de Jayme e Lucimar não fale de política em 2019”, reservou Hazama.

Apesar da limitação de fala, a tendência é que Hazama se desfilie nos próximos dias do PRTB e migre para o DEM. Uma estratégia, inclusive, para fortalecer sua situação dentro do atual grupo que sairá o escolhido para sucessão da prefeita Lucimar Campos, impedida de disputar novamente o posto, uma vez que foi reeleita ao cargo.

Hazama citou que o grupo que disputa a preferência do senador Jayme Campos é formado pelo deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), secretário municipal de Educação, Silvio Fidelis, secretário municipal de Viação, Obras e Urbanismo, Luiz Celso, secretário de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, Breno Gomes e finalizando com o próprio nome.

“Eu acredito que dentre essas opções dá a tranquilidade para que o senador Jayme nos procure e peça pés no chão e trabalharmos. Porque se a gente começar a focar em campanha agora, acredito que a gente vai atrapalhar o bom trabalho que estamos fazendo junto a administração (…) Temos que ter muita calma nessa hora e respeitar a orientação do nosso chefe maior do grupo que é o senador Jayme Campos”, ressaltou Hazama.

Comentários Facebook