Inflação acelera e fica em 0,19%, mas tem menor taxa para o mês em 5 anos

Os preços voltaram a subir no Brasil em julho. A inflação acelerou para 0,19%. Os dados foram divulgados pelo IBGE na manhã desta quinta-feira (8). No mês anterior, a inflação avançou apenas 0,01%, o menor patamar desde novembro de 2018.

lâmpada arrow-options
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

Energia elétrica é responsável pelo aumento da inflação no mês de julho

Na avaliação dos analistas, o que influenciou a alta do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foi o comportamento dos preços da energia elétrica . No mês passado, vigorou a bandeira tarifária amarela , que representa custo de R$ 1,50 para cada 100 quilowatts-hora (kW) consumido.

O que conteve uma alta ainda maior, destacam os especialistas, foi o preço dos combustíveis. Houve queda nos preços praticados pela Petrobras no mês passado.

A mediana das projeções de analistas consultados pela Bloomberg apontava que a inflação de julho aceleraria para 0,24%.

Leia também: Aneel anuncia bandeira tarifária vermelha para agosto e custo extra será de R$ 4

Nesta semana, os economistas consultados pelo Banco Central (BC) para a elaboração do Boletim Focus apontaram que a inflação deve encerrar o ano a 3,77%. O percentual é inferior à meta estipulada para o governo em 2019, que é de 4,25%.

Comentários Facebook