Itália, Coreia do Sul e Irã confirmam novas mortes causadas pelo coronavírus

source
coronavírus arrow-options
REPRODUÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

Coronavírus segue se espalhando por diversos países.

Os governos da Itália, Coreia do Sul e Irã confirmaram novas mortes causadas pelo coronavírus nesta segunda-feira (24). Especialistas temem que aumento do número de países com registros da doença possa gerar uma pandemia.

Leia também: Médico japonês conta como é seu trabalho no navio isolado por coronavírus

Na Itália , foram registrados 190 casos e sete mortes causadas pelo coronavírus . Isso fez com que o governo criasse pontos de controle em onze cidades que estão em quarentena. Existem 43 locais com restrições de entrada e saída e quem descumprir as regras pode pegar até três meses de prisão.

Coreia do Sul informou um aumento súbito no número de infectados: de 602 para 833. Maior parte dos casos foi registrada na cidade de Daegu, que está sendo isolada. A sétima morte causada pela doença também foi confirmada nesta segunda. 

Já o Irã confirmou a 12ª morte causada pela doença. Ao todo, foram registrados 61 infecções. Um parlamentar contestou os dados apresentados pelo governo, afirmando que mais de 50 pessoas já morreram. Na China , foram registradas mais de 77 mil infecções e 2.595 mortes.

Leia também: Coronavírus: número de casos suspeitos no país cai para dois

Outros países do Oriente Médio, como Kuwait, Bahrein e Líbano, registraram os primeiros casos de coronavírus no último final de semana. O aumento no número de países que registraram casos de coronavírus colocou os especialistas em alerta para o risco de uma pandemia da doença. 

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook