Japão e EUA empatam em Cariacica pela Copa do Mundo Sub-17

Japão e Estados Unidos empataram hoje (30), por 0 x 0, em Cariacica (ES). A partida foi válida pela segunda rodada da fase de grupos da Copa do Mundo Sub-17. Com o empate, o Japão chegou a quatro pontos no grupo D e deixou bem encaminhada a classificação para as oitavas de final. Com um ponto, os Estados Unidos ainda têm chance de classificação. Para isso, precisarão demonstrar um futebol mais eficiente contra a Holanda, na última rodada.

O jogo mostrou uma seleção japonesa superior na maior parte do tempo. Taticamente e tecnicamente superiores, envolviam os norte-americanos com um toque de bola refinado dinâmico. Os japoneses dominaram o meio de campo e tocavam bem a bola até chegar à área dos Estados Unidos. Ali começavam os problemas. Faltava o último passe ou uma finalização mais caprichada. O jogo era morno.

O time norte-americano se defendia e tentava encaixar contra-ataques para fazer o gol, mas os atacantes em raras vezes em superiores na velocidade. O primeiro lance que realmente levantou o público foi aos 28 minutos do segundo tempo. Após cruzamento pela direita do ataque japonês, Wakatsuki cabeceou firme e o goleiro Odunze fez uma grande defesa.

O melhor lance dos Estados Unidos no jogo foi aos 40 minutos do segundo tempo. Em contra-ataque rápido, Reyna ganhou na velocidade dos marcadores e invadiu a área, mas chutou em cima do goleiro. Nada de gols na segunda partida do dia em Cariacica. Antes, no mesmo estádio, Senegal havia vencido a Holanda por 3 x 1, também pelo grupo D.

Chile vence Haiti

Em Goiânia, no Estádio da Serrinha, o Chile venceu o Haiti por 4 x 2. Pelo Chile, Rojas, Tapia e Tati marcaram e Ceneus, do Haiti, marcou gol contra. Jeanty, de pênalti, e Jolicouer marcaram pela seleção caribenha. 

Com a vitória, o Chile chegou a três pontos e está em segundo lugar no grupo C, à frente da Coreia do Sul pelo saldo de gols. O Haiti não tem nenhum ponto e enfrenta a França pela última rodada da primeira fase.

Edição: Fábio Massalli
Comentários Facebook