Ladrões que invadiram escola são presos após trocar tiros

Na madrugada desta quinta-feira (18.08), após perseguição e troca de tiros, dois homens foram presos por policiais do 4º Batalhão da Polícia Militar, em Várzea Grande. Daniel Vitor Soares da Cruz, 30, e Gabriel Felipe Alves, 18, ocupavam o veículo Fiat Strada usado no assalto a uma escola pública em construção no residencial José Carlos Guimarães.

Os dois acusados, junto com um terceiro que fugiu, invadiram a escola e renderam o vigia. B.S., de 66 anos, que ficou amarrado enquanto os suspeitos roubavam materiais da construção. A PM recebeu informação sobre o assalto minutos após os ladrões terem deixado a escola.

A primeira guarnição (da 2ª Companhia da PMMT, sediada no Jardim Imperial) a avistar o veículo usado no assalto foi recebida a tiros. Logo depois, em bloqueio montado com reforço de outras guarnições, na frente de um posto de combustível, os policiais mais uma vez foram recebidos a tiros.

Os acusados conseguiram furar o bloqueio jogando o carro contra os policiais. Depois o homem que estava no banco do passageiro, identificado como Rafael Henrique De Souza Duarte, 22, desceu atirando com duas armas em punho. Ele conseguiu fugir enquanto atirava.

Os outros dois, Daniel e Gabriel, foram presos em flagrante delito com mercadorias do roubo: três rolos de fios elétricos, um pé de cabra, uma chave de fenda e três telefones celulares.

Na casa de Rafael, no bairro Nova Esperança, também em Várzea Grande, os policiais apreenderam dois celulares e um radio HT com o qual possivelmente sintonizava o canal de comunicação de unidades policiais. Em um dos celulares havia fotos do suspeito empunhando armas.

Comentários Facebook