Lamborghini prepara eletrificação de seus supercarros


source
O carro-conceito Terzo Millennio será a base do primeiro modelo totalmente elétrico da Lamborghini
Divulgação

O carro-conceito Terzo Millennio será a base do primeiro modelo totalmente elétrico da Lamborghini

Enquanto no Brasil os carros elétricos não decolam, na Europa até os supercarros tornam-se eletrificados. A Lamborghini, montadora do grupo VW, acaba de anunciar as versões híbridas (gás-elétricas) dos modelos Aventador, Huracán, Urus e Siián que chegarão até 2025. Em seguida, ela terá seu primeiro modelo totalmente elétrico, baseado no conceito Terzo Millennio.



“Com certeza, vamos oferecer torque, aceleração e uma nova experiência de dirigir. É isso que os nossos clientes mais valorizam em nossos modelos, resume o CEO da Lamborghini, Stephan Winkelmann.

Modelos como o Urus , o mais vendido na história da Lamborghini, começam como 50% da linha como uma versão híbrida movida por gás e bateria elétrica. Também terá uma versão totalmente elétrica até o fim desta década.

O Urus é o modelo mais vendido da Lamborghini e será o primeiro a ter uma versão híbrida gás-elétrica
Divulgação

O Urus é o modelo mais vendido da Lamborghini e será o primeiro a ter uma versão híbrida gás-elétrica

Sobre o elétrico, o Terzo Millennio foi projetado em colaboração com o Instituto de Tecnologia de Massachusetts, dos Estados Unidos. “O carro-conceito é um baú de ideias futuristas”. Ele usará supercapacitores para substituirem as baterias de íons de lítio padrão e terá um processo de auto-reparo para ajudar a prevenir rachaduras no corpo do veículo”.

Você viu?

Segundo a montadora, entre as vantagens de seu sistema de propulsão elétrica está a possibilidade de alimentar os componentes por meio do uso de cabos. Essa tecnologia possibilitará gerar torque diretamente nas rodas, aumentando o nível de força exigido por um supercarro esportivo com tração nas quatro rodas.

A adoção do sistema de transmissão elétrico também exigirá a criação de uma nova assinatura de som para substituir a famosa do motor V12 atual. O Terzo Millennio terá um “design visionário como expressão de uma tecnologia completamente nova, incorporando aerodinâmica e arquitetura avançadas”.

O Siàn tem uma produção limitada e será uma opção de híbrido mais cara da linha de supercarros
Divulgação

O Siàn tem uma produção limitada e será uma opção de híbrido mais cara da linha de supercarros


A Lamborghini planeja investir US$ 1,8 bilhão na transformação dos híbridos e elétricos. Não é para menos: a competição dos supercarros estará acirrada com os novos modelos elétricos da Ferrari , da Aston Martin , entre outros, chegando nos próximos anos.

“É muito importante manter um crescimento que seja sustentável e que leve em consideração as necessidades do planeta. Mas também devemos mantermos em linha com o sonho dos nossos clientes de ter um carro superesportivo que seja eficiente”, diz o executivo da Lamborghini . A empresa tem como meta uma redução de 50% em suas emissões de CO2 até o início de 2025.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook