Maluf recebe homenagem do Rotary de Mato Grosso

Presidente Maluf recebe Rotary Club em apoio ao projeto contra poliomielite (Foto: Maurício Barbant/ALMT)

O presidente da Assembleia Legislativa, Guilherme Maluf (PSDB), recebeu homenagem do Rotary de Mato Grosso, pelo trabalho desenvolvido como médico e parlamentar para combater a poliomielite, principal causa da paralisia infantil no mundo.

O certificado de reconhecimento foi entregue por rotarianos de Mato Grosso na semana passada, na sede do Poder Legislativo. Maluf é o autor do projeto de lei, já aprovado em primeira votação, que estabelece o dia 24 de outubro como o Dia Estadual de Combate à Poliomielite.

“Fico feliz com a homenagem de uma instituição centenária, séria, internacional. Estamos engajados nessa campanha de combate a poliomielite juntos com o Rotary e também queremos desenvolver outros projetos juntos para o bem da sociedade”, afirmou o deputado Guilherme Maluf.  

Durante o encontro, o governador do distrito de Mato Grosso do Rotary, Eduardo Gomes, solicitou apoio do deputado Maluf para a construção da sede da associação.

“A grande maioria dos Rotarys estão instaladas em sedes próprias e temos essa intenção também em Mato Grosso, porque estando melhor instalados, os esforços serão mais abrangentes e nós sabemos a luta do deputado Maluf nas causas sociais, e o Rotary preza muito o termo parceria, com a finalidade de combater as mazelas do mundo, como a falta de ética, a poliomielite, a fome e o analfabetismo”, disse Eduardo Gomes.

Fundado em 1905, nos Estados Unidos, com a missão de trabalho humanitário, o Rotary conta em Mato Grosso com mais de 1,5 mil membros em 60 municípios.

A rotariana Gisela Simona lembrou que, no Brasil, a paralisia infantil está erradicada, mas que projetos como o de Maluf são importantes para discutir anualmente o combate à poliomielite.

 “Como está erradicado, você tem sinais de descuido da sociedade, e incluir no calendário essa discussão, de ano a ano, é uma forma de enfatizar a necessidade das vacinas para que a gente não tenha retrocessos”, argumentou. 

Fonte: AL MT

Comentários Facebook