Marcelo Bandeira celebra 20 anos de carreira e fala de peça que cita seu nome

source

Na recém-lançada autobiografia “Sem Arrependimentos”, de Solange Gomes, Marcelo Bandeira, colunista do iG Gente , é descrito por Ricardo Feltrin, do Uol , como “um dos melhores assistentes que eu já tive”. Quando a “Folha da Tarde” deixou de existir para dar lugar ao “Agora São Paulo”, Feltrin era o principal colunista do jornal, que estava “bombando” em vendas.

Leia também: Fofura! Renée Zellweger posa sorridente em clique de Emilia Pedersen

Marcelo Bandeira arrow-options
ig

Marcelo Bandeira


“Eu tinha dois assistentes e uma página inteira dedicada a informações exclusivas sobre famosos, entrevistas interessantes e fotos imensas (raridade nos tempos de papel), além de um espaço para humor na forma de quadrinhos. Era um sonho. Era fevereiro de 1999 quando um dos meus mais fiéis auxiliares, Marcelo Bandeira , me ligou esbaforido de um orelhão na rua. ‘Ricardo, tem uma nova moça da banheira do Gugu. Acho que cansaram dela (Luiza Ambiel)’. Eu confiava no Marcelo, que foi um dos melhores assistentes que eu já tive e a quem faço questão de dar crédito pelo ‘furo’. Para um jornal popular como o ‘Agora São Paulo’, era um baita furo”, destacou o jornalista em depoimento ao livro.

Leia também: Neymar recebe foto de quadro em sua homenagem em grupo de amigos no WhatsApp

Por falar em notícias exclusivas, duas delas ganharam a capa da extinta revista “Conta Mais” e fizeram bastante barulho na época: a chegada de Melinda para coroar o casamento de Thaís Fersoza e Michel Teló e a adoção de Chissomo, apelidada de Titi, por Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso . Após desmentidos das assessorias e dos famosos, as devidas confirmações. “Só publico o que tenho certeza ou quando estou munido de provas e informações. Até para falar da vida das celebridades é preciso muita cautela”, disse à reportagem.

Marcelo Bandeira arrow-options
Reprodução/Instagram

Marcelo Bandeira


Mas não é só. Especializado em celebridades, o paulistano tem se mostrado um verdadeiro camaleão diante dos desafios que o ofício do jornalismo vem oferecendo nas suas duas décadas de estrada. Foi um dos primeiros colunistas a debutar na bancada do “TV Fama”, ao lado de Monique Evans e Paulo Bonfá, no início dos anos 2000. “Eu só tenho elogios. Trabalhei com o Marcelo Bandeira há alguns anos e é como sempre falo: profissional ético, bondoso, gentil, transparente, isento e todas as outras qualidades que poderia dizer de um ser humano”, detalhou Claudia Pacheco, com quem Bandeira dividiu a cena nos extintos “Mulheres em Foco (Rede Mulher de Televisão) e “Pra Você” (TV Gazeta).

Vale destacar também que Marcelo recebeu novos convites para voltar ao vídeo e um deles é para dar dicas de cultura e lazer no “Papo Vip”, de Luciano Faccioli, na Rede Brasil de Televisão. Por fim, no dia 11 de setembro, o meme do beijo para a atriz Leila Lopes completou oito anos. Na época, coube a ele informar a apresentadora Claudete Troiano sobre a morte da ex atriz da Globo. Com a grande repercussão do caso, a cena icônica foi parar nas páginas da “Biografia da Televisão Brasileira”, lançada pela Matrix Editora e escrita por Flávio Ricco em parceria com José Armando Vannucci.

Marcelo Bandeira arrow-options
Reprodução/Instagram

Marcelo Bandeira


Leia também:  Gutto Soares lança DVD e é prestigiado por Aritana Maroni, David Brazil e mais

Recém-chegado da Europa, onde se dividiu entre França, Bélgica, Holanda e Alemanha, Marcelo Bandeira está feliz porque novembro é o mês em que comemora mais uma primavera: 44 anos. Outro motivo para celebração? “Ser homenageado pelo elenco da comédia ‘Procura-se Uma Virgem’, que ficou em cartaz até o último dia 4 de novembro, na sala Laura Cardoso, no Teatro Shopping West Plaza, em São Paulo”. O colunista era citado durante uma cena protagonizada pelos ex-BBBs Daniel Fontes e Janaina do Mar.

Fonte: IG GENTE
Comentários Facebook