O jornalista Kleber Lima, que comandará o marketing da campanha de Mauro Mendes (PSB) à reeleição, ironizou os comentários de que o prefeito trabalha para a formação de uma “chapa pura”, indicando um candidato a vice do próprio PSB – e não do PSDB do governador Pedro Taques.

“Será uma chapa pura mesmo. Literalmente pura. Sem vícios, sem conchavos, sem acordos espúrios e sem trairagens. Inclusive, sem tornozeleiras”, afirmou, se referindo indiretamente ao PMDB, partido do ex-governador Silval Barbosa, que está preso, e que lançará Emanuel Pinheiro como candidato a prefeito.

Segundo ele, é “curioso” o fato da oposição “estar mais preocupada em cuidar da candidatura de Mendes do que da dela própria”.

“Os opositores insistem nessa tecla e em ‘escolher’ o vice do prefeito. Mas nunca houve essa discussão de chapa pura. O prefeito e o governador Pedro Taques estão conversando permanentemente sobre a formação da coligação e do projeto de reeleição”, disse.

Segundo Lima, Mendes está pessoalmente tratando de formatar o arco de alianças em torno de sua candidatura. “Ele está dialogando com todos os partidos que o ajudaram a administrar e transformar Cuiabá”, disse.

Segundo apurou a reportagem, entre as siglas que devem fechar com Mendes estão o PSDB, PSD,PV, PRTB, PSC, PRP, PSDC, SD, PV e PHS. Ele tem mantido, também, conversações com o PR e o PP.

MidiaNews

Comentários Facebook