“Me sinto no dever de retribuir a Várzea Grande”, afirma Alan da Top Gás

O candidato a prefeito de Várzea Grande, o empresário Alan Rener Tavares, o Alan Top Gás (PV), em entrevista para O Atual, falou um pouco sobre sua trajetória empresarial na cidade e contou os motivos que o levou a assumir a candidatura deixada por William Cardoso (PSDB). O tucano alegou pressão por parte do próprio partido para que ele deixasse o projeto político, o que de fato aconteceu. William renunciou a candidatura e Alan assumiu o projeto. Mesmo com a mudança de candidato, o grupo manteve-se unido. Alan vem pela coligação “Várzea Grande Para Todos”, formada pelos partidos do PSDB, PTC, REDE, PSDC, PV, PROS, PT, SD, PMN, PT do B e PRB. Ele tem como vice-prefeito o vereador de dois mandatos Fábio Saad (PTC). A candidatura de Alan foi registrada na última semana. Nesta entrevista, Alan falou sobre alguns de seus pensamentos para formar uma nova Várzea Grande. Melhorar a Saúde Pública, criar um programa de qualificação contínua aos servidores públicos, políticas de atenção aos jovens e geração de emprego são alguns dos tópicos apontados como prioridade em sua possível gestão frente a prefeitura municipal. Confira as principais partes da conversa com o candidato:

O ATUAL – Muitos já o conhece ou ouviram falar do senhor, até mesmo por ligação a sua empresa, ao qual carrega no nome de candidato, mas fale um pouco mais sobre quem é o Alan da Top Gás, empresário, pessoa e candidato?

Alan da Top Gás – Tenho 58 anos de idade, sou casado com uma esposa companheira e trabalhadora, pai de dois filhos e tenho uma neta várzea-grandense. Sou cristão, temente a Deus, empresário do segmento de gás e estou há 25 anos nesta querida cidade de Várzea Grande. Aos que me conhecem sabe que sou uma pessoa alegre, alto astral, que pensa positivo e acredita no ser humano acima de tudo. Sou um cara de gratidão, que respeita e valoriza a igualdade do ser humano e procuro sempre proporcionar o máximo dos meus esforços para realizar meus desejos e sonhos. Vamos trabalhar muito para mostrar aos munícipes as nossas propostas para a melhoria de Várzea Grande. Nosso objetivo é apresentar nosso planejamento. Estou entrando na política, mas garanto que continuarei sendo essa mesma pessoa, mantendo meus princípios de honestidade, lealdade e compaixão com o próximo.

O ATUAL – Alan nos conte um pouco sobre sua trajetória empresarial, que visivelmente o molda nessa questão conceitual e acabou o inserindo na política.

Alan da Top Gás – Bem, estamos há quase três décadas empreendendo, empregando e trabalhando muito nesta cidade. Cheguei por aqui com a esperança de desenvolvimento e um sonho a realizar, de ter sucesso e reconhecimento profissional. Abri meu primeiro negócio no ramo de madeiras, um modesto depósito na Avenida Ulisses Pompeu, onde foi a minha primeira experiência local. Atividade que encerramos depois de alguns anos, devido as dificuldades momentâneas da nossa economia. Reabrimos um novo sonho de negócio, desta vez no ramo de materiais para construção, onde aprendi a aperfeiçoar minhas habilidades de gestor e pude conhecer muito da realidade de Várzea Grande, onde colaborei diretamente com o crescimento desta cidade, porém após alguns empecilhos profissionais no setor, eu e minha esposa, que sempre trabalhou ativamente comigo, nos replanejamos e decidimos empreender em um novo ramo, o que nos levou ao setor de gás GLP. Fundamos a Top Gás, empresa 100% oriunda de Várzea Grande.Me recordo dos tempo desafiadores, onde eu, meu filho e mais dois colaboradores apenas, carregávamos juntos um caminhãozinho velho Mercedes 608 e saímos para fazer venda de porta em porta e voltávamos somente no fim do dia para descarregar os vasilhames vazios. Assim era todo santo dia. Andávamos por todos os bairros de Várzea Grande, entrávamos nas casas e cozinhas de muitos moradores, foi uma época árdua, porém muito nostálgica e acrescentadora, pois hoje valorizo todos os meus colaboradores, conheço o real sacrifício do seu suor para realizar nossos trabalhos diários. Enfim, construímos assim uma empresa digna e sólida.Hoje empregamos diretamente mais de 150 colaboradores e temos orgulho de fazer parte dessa história de desenvolvimento de Várzea Grande.

O ATUAL – Falando sobre política e eleição, por que o senhor aceitou substituir o candidato desistente a prefeito de Várzea Grande, William Cardoso (PSDB) e encarar o pleito eleitoral?

Alan da Top Gás – Eu me sinto praticamente um cidadão várzea-grandense. Conheço muito bem sua realidade, seus bairros, seu povo, sua cultura e sua história. Aqui sorri, sofri e me apaixonei por essa terra. Como todo várzea-grandense me sinto no direito de me doar para essa cidade. Acredito que quando queremos mudança, nós precisamos fazer a mudança, que quando queremos melhores políticas públicas, devemos nos inserir na política pública, e é com esse sentimento nobre de realizar e de colocar meus conhecimentos em prol do desenvolvimento desta terra querida, que assumi essa substituição e me coloquei a disposição da população. A mesma responsabilidade que tenho de gerar conforto, segurança e estabilidade a minha família, me sensibilizou pelo bem comum, pela vontade de grandes realizações públicas. Sou movido pelo desafio e para mim nada é mais estimulante que ter grandes responsabilidades e compromissos com uma população, com uma cidade que precisa e quer desenvolver-se a passos largos. Eu acredito que posso contribuir e muito para esse progresso, por isso estou aqui agora.

O ATUAL – Alan qual será a sua linha de pensamento para administrar Várzea Grande?

Alan da Top Gás – Primeiramente eu entendo, que ninguém reinventa uma cidade sem gerar novas oportunidades a fim de melhorar a vida das pessoas. Enxergo que o bem estar da população deve ficar acima de interesses ideológicos ou de grupos isolados. Eu acredito em pessoas, sempre acreditei no ser humano em primeiro lugar; por isso uma das primeiras ações que quero realizar na gestão da prefeitura, será valorizar o seu capital intelectual, ou seja, criar programas contínuos de qualificação interna para os servidores, dar-lhes respeito profissional e conhecimento técnico, para que possamos desenvolver melhores ações e serviços dignos com a população. Gostaria de ressaltar, que muito da riqueza do Norte e Centro-Oeste de uma forma ou de outra passa por Várzea Grande, seja ela no Aeroporto ou Trevo do Lagarto. Já percebeu que nada aqui fica e que nós nada absorvemos desse boom? Isso é triste. Entendo que precisamos trazer novos recursos tecnológicos para cidade, modernizar seus ativos de trabalho, automatizar os processos operacionais internos e sermos mais ágeis nos serviços.

O ATUAL – Candidato, caso eleito, quais são suas principais ações para a área da Saúde?

Alan da Top Gás – Precisamos investir na Saúde Pública com mais ações de prevenção e ter mais alcance de atendimento com entregas de medicamentos e suprimentos médicos. Outro ponto relevante: nossa cidade não se tem natalidade há anos, não se nasce mais em Várzea Grande, perdemos de ter um novo cidadão várzea-grandense todo dia e consequentemente perdemos nosso orgulho moral conterrâneo. Isso precisa mudar! Necessitamos de um centro de maternidade equipado e preparado para gerar vida na nossa cidade. A mulher precisa de mais atenção e políticas de verdade voltadas para elas.

O ATUAL – Com relação aos jovens, quais serão suas medidas caso vença as eleições e venha assumir a prefeitura de Várzea Grande?

Alan da Top Gás – Nossos jovens estão abandonados, sem perspectiva de futuro e sem expectativa de mudanças positivas. Precisamos resgatar essa energia jovial através de políticas de incentivo e de formação social. Eu irei propor projetos de parcerias conjunta público e privado, a fim de resgatar esse título de “Cidade Industrial”. Gerar mais empregos e colocar de vez Várzea Grande nos trilhos do crescimento sustentável e contínuo. Posso garantir que nossa gestão será inclusiva voltada para todos e com todos.

O ATUAL – Para finalizar, qual sua mensagem para o eleitor de Várzea Grande?

Alan da Top Gás – Meu amigo, gostaria de tocar o seu coração, despertar uma emoção nobre e sensibilizá-lo com minha boa intenção, com minha vontade de fazer o bem comum. Gostaria de ressaltar meu carinho por essa cidade, que me acolheu e me proporcionou grandes realizações. Terra onde criei e eduquei meus filhos, sou muito grato por este solo fértil que nos deu tudo que temos de valores materiais e afetivos. Hoje me sinto no dever de retribuir tudo isso para essa Várzea Grande, que aprendi a amar, após conhecer seu povo e sua cultura alegre e cativante. Quero ter a honra de receber o seu voto de confiança, pois irei orgulhar cada um dos meus futuros eleitores, com meu trabalho sério e enérgico. Deixo bem claro que independente do resultado final dessas eleições, meu sucesso será alcançado, pois quem o bem faz, o bem sempre tem. Acredito sim que serei quisto e bem interpretado pelo nosso povo e juntos vamos fazer uma nova Várzea Grande, pois com coragem, vontade e perseverança superamos todos os desafios. Essa vitória será de todos nós, agora vai é Alan da Top Gás!

Comentários Facebook