Moro diz que deixará governo se perder Segurança Pública

source
Sérgio Moro arrow-options
Agência Brasil

O ministro Sérgio Moro

O ministro Sérgio Moro afirmou a aliados que caso o Ministério de Segurança Pública seja separado do Ministério da Justiça, ele deixará o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), segundo divulgou a coluna Painel, da Folha de S. Paulo

Leia também: São Paulo tem 33 ruas que homenageiam personagens e datas da ditadura

Bolsonaro afirmou, nesta sexta-feira (24) que há “chances zero” de recriar o ministério de Segurança Pública neste momento, separando Moro do tema. No entanto, de acordo com pessoas próximas ao ex-juiz, o ministro está chateado com o presidente e não falou com Bolsonaro nesta quinta-feira (23).

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) disse que Bolsonaro teria considerado a possibilidade de dividir os ministérios por se sentir ameaçado por Moro. “Para um presidente inseguro, a popularidade do nosso super ministro representa uma ameaça. É triste, mas só não vê quem não quer”, afirmou ao UOL .

Leia também: Adolescente morre e outros quatro são internados após beberem “loló”

Popularidade

Em uma pesquisa de intenções de voto para 2022, do Instituto MDA, Moro apareceu como quarto colocado, com 2,4% das intenções. No levantamento divulgado nesta semana, Bolsonaro aparecia em primeiro, com 29,1%, seguido de Lula (17%) e Ciro (3,5%).


Comentários Facebook