“Muito preocupante”, diz OMS sobre aumento de casos de Covid-19 no Brasil


source
O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde, Tedros Adhanom Ghebreyesus
Reprodução/Instagram

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde, Tedros Adhanom Ghebreyesus

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, reforçou nesta segunda-feira (30) que o Brasil precisa levar o aumento no número de casos de Covid-19 a sério. 

“O Brasil teve seu ápice em julho. O número de casos estava diminuindo, mas em novembro os números voltaram a subir. O Brasil precisa levar muito, muito a sério esses números. É muito, muito preocupante”, disse Tedros.

A época de férias e festas de fim de ano que se aproximam em várias partes do mundo é motivo de preocupação, segundo Tedros Adhanom Ghebreyesus. “Todos queremos estar juntos das pessoas que amamos durante períodos festivos, mas estar com a família e amigos não compensa colocá-los em risco.”

A recomendação da OMS é que os países sigam os  direcionamentos de entidades de saúde locais. “Celebre [as festas] com pessoas que vivem na mesma casa que você e evite reuniões com pessoas que moram em casas distintas”, disse Ghebreyesus. Distanciamento social e uso de máscaras foram medidas reforçadas pelo diretor geral da OMS.

“Precisamos controlar os casos e manter os números baixos. Os países precisam atacar os casos que ressurgem para que eles não se propaguem. Essa é a recomendação para todos os países. Uma vez que você reduz o número de casos, você precisa manter esse número baixo”, completou a líder técnica da entidade, Maria van Kerkhove.

Segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa, o Brasil tinha, até as 13h desta segunda, 172.866 mortes por Covid-19 confirmadas e mais de 6,3 milhões de casos.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook