Nova Audi RS6 chega com visual feito do zero e motor do Lamborghini Urus

source
Audi RS6 cinza arrow-options
Divulgação

Nova Audi RS6 passa a ser híbrida e a ter visual ainda mais arrojado e indiscreto na linha 2020. Potência salta para 600 cv

A nova geração da perua esportiva Audi RS6 acaba de ser revelada. Com design que segue a linha adotada pelo Q8 e mecânica do Lamborghini Urus, traz, respectivamente, fortes vincos no capô, contornos robustos dos pára-choques, duas enormes saídas de escape e entradas de ar dianteiras, novas assinaturas de LED. 

LEIA MAIS: Audi RS4 Avant: foguete para a família. Confira a avaliação

Equipada com motor V8 4.0 biturbo, de de 600 cv e brutais 81 kgfm de torque, a nova RS6 é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 3,6 segundos e atingir 305 km/h, conforme a fabricante.  Sem preços divulgados, o perua superesportiva estará no Salão de Frankfurt (Alemanha), entre 12 e 22 se setembro.  Na Europa, as vendas começam em março de 2020, ano em que o carro também deverá chegar ao Brasil, mas sem data definida. 

Entre os detalhes da  Audi RS6 que mais chamam atenção estão as rodas de 21 polegadas montadas em pneus 275/35. Como opcional, o carro pode vir com rodas de 22 polegadas e pneus 285/30. Enquanto isso, os freios trazem discos ventilados de 420 mm na dianteira e 370 mm na traseira, com pinças pintadas de preto. E opcionais de carbono-cerâmica (440 mm na dianteira e 370 mm na traseira). As pinças, que segundo a fabricante economizam 34 kg, podem ser pintadas de cinza, azul ou vermelho.

A suspensão também merece atenção especial. Além do sistema de tração integral Quattro que destina até 70% da força para o eixo traseiro, conta com amortecedores pneumáticos ajustáveis em altura. Além disso, o RS Sports Suspension Plus ajusta as respostas das novas molas de aço e o curso dos amortecedores ajustáveis em até três estágios. São eles a altura padrão, 10 mm a menos em velocidades acima dos 120 km/h e 20 mm a mais ao transpor lombadas ou valetas maiores.

LEIA MAIS: Nova geração do Audi Q3 chegará ao Brasil no início de 2020

Outro item que pode ser adquirido à parte é o eixo traseiro esterçante. Em baixas velocidades, as rodas traseiras inclinam até 5º em direção oposta às dianteiras para ajudar nas manobras. Em médias e altas velocidades, são 2º no mesmo sentido para melhorar o contorno de curvas.

Sistema híbrido e novos equipamentos

Assim como a nova linha dos carros de topo da Audi, tem o sistema elétrico primário de 48V. O carro esportivo ainda pode desativar quatro dos oito cilindros para economizar combustível em velocidades de cruzeiro. Tamanha tecnologia agregada aumentará a sua popularidade ante os rivais Mercedes E 63 AMG Station Wagon e Porsche Panamera Sport Turismo Turbo.

LEIA MAIS: Veja 5 carrões de YouTubers brasileiros

O interior da perua Audi RS6 também segue o padrão dos modelos mais recentes da marca alemã. Entre os principais equipamentos, destaca-se o  painel de instrumentos digital com tela de 12,3 polegadas e com mostradores de pressão do turbo, força G, potência e torque. No console central, o carro dispõe da central multimídia de 10,1 polegadas e, logo abaixo, mais um display de 8,6” para outros controles, como o ar-condicionado.

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook