O Boletim do Suíno de dezembro está disponível no site!


Cepea, 13/01/2022 – Nesta edição, confira: 

Mercado em dezembro
Após melhora nas vendas tanto do suíno vivo quanto da carne no final de novembro, as negociações do animal voltaram a ser pressionadas pela menor liquidez na maioria das regiões em dezembro. De acordo com colaboradores do Cepea, a oferta de animais para abate no mercado independente ficou acima da demanda por novos lotes, devido à baixa liquidez da carne no mercado interno. Leia mais. 

Preços e exportações

As exportações brasileiras de carne suína encerraram 2021 em volumes elevados, mesmo diante do recuo dos envios à China, o maior parceiro comercial do setor suinícola nacional. A quantidade embarcada pelo Brasil em dezembro, inclusive, foi a maior da história para esse mês. Leia mais. 

Relação de troca e insumos

As quedas nas cotações do suíno vivo e a alta nos preços dos principais insumos da atividade, milho e farelo de soja, reduziram o poder de compra de suinocultores paulistas e catarinenses em dezembro. Leia mais. 

Carnes concorrentes

O leve aumento no preço da carne suína no mercado interno e a valorização mais intensa da carne bovina resultaram em aumento da competitividade da proteína suinícola em dezembro. Na comparação com o frango, porém, o cenário foi de perda de competitividade para a carne suína, tendo em vista o forte recuo nos preços do frango.Leia mais. 

Fonte: CEPEA

Comentários Facebook