O Caraboot da Mini acomodava trailer para quatro pessoas e um barco


source

Mini Caraboot vem com motor com apenas 850 cc de cilindrada, que rende 34 cv e pode atingir 112 km/h
Divulgação

Mini Caraboot vem com motor com apenas 850 cc de cilindrada, que rende 34 cv e pode atingir 112 km/h

O ano era 1964 quando a Mini apostou em um trailer batizado de Caraboot . O curioso veículo tinha como proposta oferecer aos jovens da época uma opção de um veículo compacto aliado a um trailer com capacidade para até quatro pessoas.

Caraboot foi produzido pela Mini e acomodava trailer para quatro pessoas e um barco rodava sobre seis rodas e tinha como principal característica a separação do trailer do carro e, com isso, o motorista poderia buscar algo de carro enquanto o trailer ficasse no acampamento.

Além do baixo desempenho quando rebocado, outra desvantagem era que o trailer não tinha uma porta para manter a privacidade e abrigar contra o inconstante clima britânico. Por outro lado, era genial o barco preso ao teto , facilmente transportado, graças aos materiais leves empregados como a fibra de vidro com plástico reforçado.

Na época em que foi apresentado ao público em geral, em 1964, era o ápice da engenharia e criatividade por aqueles que buscavam algo inédito para poder chegar um final de semana com a família ou amigos, desde que não ultrapassasse quatro ocupantes, obviamente.

Leia Também

Leia Também

Dentro do trailer, há fogão de duas bocas e um espaço para cozinhar, além de uma pia. O sofá pode acomodar dois na mesa de jantar dobrável, mas também acomodar dois quando expandido. Mais dois adultos poderiam dormir na área acima que poderia funcionar como depósito.

Assim como o barco, a carroceria do trailer em forma de concha era feito de plástico reforçado com vidro e desliza para trás nas ranhuras inseridas na van, quando se gira a manivela. Expandido, o Caraboot tinha 5,49 metros de comprimento.

O motor original, de quatro cilindros, na configuração Van, 850 cc de 34 cv tinha uma velocidade máxima declarada de 112 km/h . Mas, apesar das aparências, era um trailer confortável para dois e um veículo geral elegante e econômico que sempre atraiu a atenção dos jovens.

Ninguém sabe ao certo quantos Caraboots foram feitos pela fabricante Euxton, mas independente disso, ele já são considerados um dos mais raros campervans do mundo.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook