Operação Ave Rara combate crimes ambientais em Pernambuco

    Recife/PE – A Polícia Federal, em conjunto com o IBAMA, deflagrou nesta quinta-feira (13/2) a Operação Ave Rara, com o propósito de combater o tráfico de animais, em especial aves silvestres sob ameaça de extinção.

    Durante a investigação, identificou-se um vendedor de uma arara azul, que era um conhecido traficante de animais em Caruaru/PE. Dois mandados de busca e apreensão foram expedidos pela Justiça Federal para serem cumpridos no bairros de Santa Rosa-Caruaru/PE. No local, os policiais federais encontraram algumas aves mortas, vítimas de maus tratos e apreenderam 123 espécimes da fauna brasileira (papagaios, porco caititu, papa capins, golinhos, gralhas cancãs) e 27 gaiolas viajantes, como são chamadas as caixas para transporte clandestino dos animais, os quais foram encaminhados aos cuidados do IBAMA para correta destinação.

    O investigado não foi encontrado em nenhum endereço, mas posteriormente será intimado a comparecer à Polícia Federal para responder pela prática de crime ambiental. Segundo informações dos familiares, o suspeito estaria viajando para a Bahia.

    O crime que está sendo investigado é o artigo 29, § 1º, item III, da Lei n. 9605/1998 – (vender, guardar e ter em cativeiro espécimes da fauna silvestre sem a devida licença ou autorização da autoridade competente), cuja pena é de detenção de 6 meses a 1 ano de detenção.

     

    Contato: (81) 2137-4076
    E-mail: [email protected]

    Comentários Facebook