Oposição se une para que VG tenha propaganda política na TV

Folha Max

As coligações partidárias que apoiam a candidatura do advogado e empresário William Cardoso (PSDB) e do deputado estadual Pery Taborelli (PSC) na disputa a prefeito de Várzea Grande formalizaram oficialmente a presidência do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso pedido de providências para que seja assegurada a propaganda eleitoral gratuita em televisão. O pedido de providências ressalta que, embora não tenha emissora de TV no município, a transmissão da propaganda eleitoral pode ser feita pela segunda de maior audiência na Baixada Cuiabana, que é a TV Record (canal 1).

Além disso, ambas as coligações que pleiteam perante a Justiça Eleitoral a propaganda na TV representam a maioria dos partidos constituídos no município, de modo a cumprir o requisito exigido em normativa do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). O candidato William Cardoso agrega 12 partidos e compõem a coligação “Várzea Grande para Todos” (PSDB/PRTB/PTdoB/PROS/PTC/PT/PSDC/SD/Rede Sustentabilidade/PV/PRP/PRB).

Já Taborelli compõe a coligação “Mudança com Segurança” (PSC/PDT/PEN/PMB). “Registre-se que a disponibilização de horário eleitoral para o município de Várzea Grande não se trata de uma simples vantagem aos partidos políticos, coligações e candidatos que disputam o pleito, mas retrata, também e sobretudo, o direito de ser bem informada da própria sociedade varzeagrandense, representada pelos seus eleitores para que estes possam escolher mediante prévio e amplo debate entre os postulantes, seus representantes, isto é, após conhecer as plataformas políticas de cada um dos candidatos, sua vida pregressa, seu histórico político e o próprio tratamento dado aos seus adversários nos debates eleitorais, e sem dúvida alguma é o horário eleitoral gratuito que propicia a garantia deste direito com maior extensão e efetividade”, diz um dos trechos da petição assinada pelos advogados Rodrigo Cyrineu e José Antônio Rosa.

Outro ponto destacado foi o papel do município de Várzea Grande no contexto político do Estado, possuindo o segundo maior colégio eleitoral do Estado e que a não veiculação da propaganda eleitoral seria demasiadamente prejudicial ao pleito eleitoral. O pedido de aprovação do programa eleitoral será submetido a votação do plenário do Tribunal Regional Eleitoral após emissão do Ministério Público Eleitoral.

A propaganda no rádio em Várzea Grande. A cidade possui uma emissora FM – 93,3 – e uma AM – 1070.

Comentários Facebook