Oscar Bezerra propõe fiscalização de queimadas nas rodovias de MT

Deputado Oscar Bezerra (Foto: Marcos Lopes/ALMT)

Mato Grosso segue campeão nacional em número de queimadas: 13.990 de 1º de janeiro de 2016 a ontem (16/08). A quantidade é quase o dobro do segundo colocado (7.160, em Tocantins) e mais de 20% de todo o registro nacional no mesmo período, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Quando se aproxima o mês de julho, a população já se preocupa com a baixa qualidade do ar e com as doenças respiratórias. No Centro-Oeste, até outubro há, naturalmente, baixo volume de chuvas, o que já propicia focos espontâneos de incêndio.

Dados informados pelo ten. cel. Paulo Barroso, comandante do Batalhão de Emergências Ambientais, tornam ainda mais preocupante o panorama: o número de focos de calor mais que dobrou comparando o intervalo entre 15 de julho a 15 de agosto dos anos de 2015 e 2016. O quantitativo de 2016 supera em 90% a média dos últimos 10 anos.

Diante da proibição de queimadas, cujo período é decretado anualmente pelo governo do Estado, é necessário que seja intensificada a fiscalização e que seja criado um canal para denúncias.

Além da estrutura das unidades do Corpo de Bombeiros, o deputado Oscar Bezerra defende a “implantação de bases de controle de queimadas nas vias estaduais”, conforme Projeto de Lei nº 341/2016, apresentado neste mês de agosto.

A matéria prevê que tais bases funcionem entre os meses de julho e outubro de cada ano, anexas aos postos da Polícia Militar nas rodovias estaduais, com uma estrutura exclusiva, que inclui dois bombeiros em cada plantão.

Outro ponto importante é disponibilizar um telefone de emergência, a ser divulgado em placas ao longo da rodovia, para denúncias da população.

Fonte: AL MT
Comentários Facebook