Peugeot confira que o novo 208 será feito na Argentina em 2020

source
Novo Peugeot 208 arrow-options
Divulgação

Novo Peugeot 208 virá para brigar com VW Polo, Chevrolet Onix e Toyota Yaris em 2020

Executivos da marca francesa já haviam confirmado para alguns veículos de imprensa internacional que o novo Peugeot 208 será fabricado no complexo de El Palomar, na Argentina, mas ainda não havia uma palavra oficial sobre isso. Na manhã desta segunda-feira (2), a presidente do Grupo PSA do Brasil, Ana Theresa Borsari, confirma a informação em comunicado.

LEIA MAIS: Fiat lançará a nova picape compacta Strada no ano que vem

“O Peugeot 208 acabou de ser apresentado na Europa e já é a expressão máxima da visão da marca em design, tecnologia e experiência de condução”, diz a presidente. “Ele resgata valores de um segmento em que sempre fomos protagonistas, trazendo a mesma força revolucionária do Peugeot 206 . Por conta disso, confirmo sua fabricação a partir de 2020 em nosso Centro de Produção em El Palomar, na Argentina.”

O modelo será vendido no Brasil ainda em 2020 como parte do novo plano estratégico de reformulação da Peugeot, mas não há qualquer informação oficial sobre versões. O novo Peugeot 208 será o primeiro produto montado sob a plataforma CMP (Common Modular Platform) na América Latina, abrindo espaço para a próxima geração do SUV 2008 e o inédito DS3 Crossback .

LEIA MAIS: Peugeot terá picape média inédita no Brasil ainda em 2020

Sobre versões elétricas, o gerente de produto do Grupo PSA para a América Latina, Nicolás Bonnardon, confirmou ao Autoblog Uruguay que lançar novos produtos neste segmento é uma decisão global.

Modelo atual segue em linha

Peugeot 208 arrow-options
Rafael Ramalho

O 208 nacional, feito em Porto Real (RJ), continua em linha com a chegada do modelo renovado

LEIA MAIS: O que já sabemos sobre o novo SUV que a Ford está testando no Brasil?

Em um arranjo semelhante ao do Chevrolet Onix, a chegada do novo Peugeot 208 não vai tirar o modelo atual de linha (fabricado em Porto Real, no Rio de Janeiro). De acordo com uma fonte do Argentina Autoblog, ele continuará nas lojas como uma opção mais simples e barata. A informação ainda não foi confirmada oficialmente pela fabricante.

Fonte: IG CARROS
Comentários Facebook