PF combate crimes de ódio na Internet

Fortaleza/CE- A Polícia Federal deflagrou a Operação STOP HATING, nesta terça-feira (21/6), com o objetivo de interromper esquema criminoso envolvendo crimes de ódio praticado através da Internet, consistente em publicações de comentários de cunho racista em vídeos publicados em canais de site de vídeos na rede mundial de computadores.

Policiais Federais cumprem um mandado de busca e apreensão, expedidos pela 11ª Vara da Justiça Federal, em domicílio investigado na cidade de Fortaleza/CE. A busca tem como objetivos interromper práticas ilícitas e apreender celulares, documentos e outras mídias para instrução de inquérito policial para detalhamento da atuação do suspeito do crime investigado, um cidadão americano com residência no Brasil.

As investigações tiveram início no ano de 2021, a partir de cooperação policial através da Interpol, e elucidaram publicações de comentários racistas e incitando à violência em vídeos na Internet. Os comentários eram inscritos em vídeos de notícias de caso que repercutiu nos Estados Unidos, envolvendo um segurança americano, morto em Minneapolis, no dia 25 de maio de 2020, por asfixia ao ter o pescoço prensado pelo joelho de um policial.

O investigado poderá responder pelo cometimento, em tese, do crime de ódio – artigo 20 § 2º da lei 7.716/89, com penas de até 5 anos de prisão.  As investigações continuam, com análise do material apreendido.

O nome da operação remete a “pare de odiar”, em inglês.

Comunicação Social da Polícia Federal no Ceará

Contato: (85) 33924867/9.9972-0194

Comentários Facebook