PF deflagra Operação Abono para combater organização criminosa especializada em fraudar processos na Caixa Econômica Federal


Niterói/RJ – Na manhã de hoje, 22/10, a Polícia Federal deflagrou a Operação Abono, que visa desarticular organização criminosa especializada em fraudes contra a Caixa Econômica Federal, em Niterói/RJ.

Foram expedidos pela 2ª Vara Federal de Niterói 11 Mandados de Busca e Apreensão e 8 Mandados de Prisão Temporária. Também foram cumpridos 7 Mandados de Prisão, e uma prisão em flagrante foi realizada pela falsificação de documentos públicos. Na residência de um dos falsificadores foram encontrados diversos documentos falsificados e suportes originais de documentos, além de farto material utilizado para a falsificação.

A organização, responsável por um prejuízo superior a R$ 2 milhões, se utiliza de uma rede de falsificadores e sacadores para levantamento indevido de valores do FGTS e de Cota PIS (Programa de Integração Social), além de retiradas de valores de contas da empresa pública federal.

O grupo criminoso contava com a participação direta de um funcionário da Instituição que também foi preso. Ao longo de toda a investigação 23 pessoas foram indiciadas, além de outras 4 prisões em flagrante e 2 prisões preventivas.

Os investigados irão responder pelos crimes de Estelionato qualificado (Art. 171, parágrafo 3º, do Código Penal); Organização criminosa (art. 2º da Lei 12.850/13); Peculato (Art. 312 do Código Penal); Crimes contra o Sistema Financeiro (Art. 19 da Lei 7.492/86); e Lavagem de capitais (Art. 1º da Lei 9.613/98).

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio de Janeiro

Contato: [email protected]

www.pf.gov.br

(21) 2203-4404 / 4405 / 4406 / 4407

Comentários Facebook