PM capacita servidores de nove instituições em curso de inteligência

A Polícia Militar formou cerca 100 servidores de nove instituições em ‘Inteligência de Segurança Pública’. A solenidade de entrega dos certificados ocorreu na segunda-feira (02.12), no auditório do Comando Geral da PM, em Cuiabá.

A ato reuniu duas turmas do Curso Básico de Inteligência Policial, realizadas no segundo semestre deste ano. A 7ª turma, que ocorreu em outubro, atendeu policiais de unidades da PM no interior. Já na 8ª, realizada em novembro, havia alunos de instituições como PM, Exército, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros, Secretaria de Fazenda, Tribunal de Justiça, Ministério Público, Polícia Rodoviária Federal e Casa Militar.

O curso tem duração de 15 dias, em período integral, e é dividido em dois módulos, com aulas teóricas e práticas sobre doutrina nacional de Inteleigência de Segurança Pública.

“Além de dar suporte às unidades do policiamento ordinário, em 2019, a inteligência foi responsável direta por 30% das apreensões de drogas feitas pela PM. Entre janeiro e outubro, a instituição militar apreendeu cerca de quatro toneladas de entorpecentes”, explica o tenente-coronel Fábio Andrade, coordenador do curso e diretor de Inteligência da Polícia Militar.

Para o comandante-geral da PM, coronel Jonildo José de Assis, o trabalho de inteligência é fundamental à atividade policial. “Essa é uma área politicamente sensível e estrategicamente importante”.

O secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamente, afirmou que capacitações são necessárias para que o serviço ofertado à população seja melhorado continuamente.

“Muitas vezes sabemos sobre algum delito e somos cobrados para apurar e, claro, provar, mas há dificuldades entre o saber e o provar. A inteligência produz provas, informações e estatísticas”, disse Bustamante.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook