Polícia Civil cumpre prisão de envolvido em roubo de gado, sequestro e cárcere privado


Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Poconé deflagrou na manhã desta quarta-feira (20.01) uma das fases da operação “Boi Bravo” para cumprimento de um mandado de prisão temporária decretado após investigação para apurar um roubo de gado ocorrido no município de Nossa Senhora do Livramento.

O trabalho operacional contou com apoio da Polícia Militar do município e resultou na prisão por mandado do suspeito de 40 anos, detido em uma residência no bairro Jurumirim, em Poconé.

O inquérito policial investiga o roubo majorado com restrição de liberdade, concurso de pessoas e emprego de arma de fogo, sequestro e cárcere privado, associação criminosa e receptação.

Os policiais civis vinham investigando o crime praticado no dia 05 de janeiro, em uma propriedade na zona rural de Nossa Senhora do Livramento (42 km ao sul de Cuiabá), quando funcionários e suas famílias foram rendidos e mantidos como reféns, trancados em um dos cômodos da sede da fazenda por cerca de 19 horas.

Do local foram roubados 82 cabeças de gado, cada uma avaliada em torno de R$ 2,5 mil,  localizadas e recuperadas pelos policiais civis e militares poucas horas depois do crime. Na ocasião, uma pessoa foi presa em flagrante delito.

No decorrer das diligências para esclarecimento do roubo, a Delegacia de Poconé ouviu várias testemunhas, vítimas, bem como foram colhidos indícios e diversos elementos de prova que possibilitaram a representado do mandado de prisão temporária, cumprida nesta quarta-feira (20).

No momento da abordagem do suspeito alvo da ordem judicial, a filha do investigado tentou despistar os policiais dizendo que o pai não estava na casa. No entanto, como as equipes vinham realizando vigilância e monitoramento do local era sabia que o procurado estava escondido no endereço.

Em razão do suspeito não acatar o pedido para sair do imóvel, os policiais civis e militares realizaram a entrada tática na casa para cumprimento da prisão. No local também foi apreendido um aparelho celular produto do roubo, que foi formatado.

Após a prisão, o suspeito foi conduzido para a Delegacia de Poconé, interrogado pelo delegado Maurício Maciel Pereira e posteriormente encaminhado para a Cadeia Pública do município.

As investigações continuam para identificar de outros envolvidos no crime.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook