Polícia Civil e Vigilância Sanitária fecham consultório clandestino de prótese dentária


.

Assessoria | Polícia Civil-MT

Um consultório odontológico que funcionava clandestinamente em Confresa (1.060 km a nordeste de Cuiabá) foi fechado pela Polícia Civil do município nesta quinta-feira (21.05). A ação integrada, deflagrada em parceria com a Vigilância Sanitária Municipal, resultou também na prisão de um idoso.

As diligências iniciaram após uma vítima procurar a Delegacia de Confresa, relatando que havia contratado o suposto profissional para fazer uma prótese dentária.

Porém, ao receber o material adquirido e tentar utilizar, percebeu que a prótese havia ficado torta. A vítima procurou o profissional para refazer o serviço, mas foi informada por ele que teria que pagar novamente. Diante da  situação, a vítima procurou a polícia e registrou a ocorrência.

Com base na denúncia, os policiais civis, acompanhados dos servidores da Vigilância Sanitária, foram até o consultório, no bairro Vila Nova. No local as equipes encontraram o homem de 73 anos, sendo também verificado que o estabelecimento funcionava sem fachada, de forma improvisada e em situação precária, em péssimas condições de higiene oferecendo um grande risco à saúde dos clientes.

Todo trabalho de vistoria e fiscalização foi feito na presença do profissional, sendo o local interditado na sequência. Por atuar sem o certificado do registro odontológico, o suspeito de 73 anos foi conduzido para a Delegacia de Confresa, ouvido e posteriormente autuado em flagrante pelo crime de exercício irregular da arte dentária.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook