Polícia Civil prende dois e recupera 18 cabeças de gado roubado em Nobres

Dois homens envolvidos com roubo de gado foram presos pela Polícia Judiciária Civil na noite desta quarta-feira (03.08) no município de Nobres (146 km a Médio Norte de Cuiabá), durante ação que culminou na recuperação de 18 cabeças de gado e na apreensão de um veículo.

Os suspeitos, Kelwilly Henrique Marques Borges, 21, e Wesly Marques de Almeida, 22, foram autuados em flagrante pelos crimes de roubo, com emprego de arma de fogo, grave ameaça e restrição da liberdade das vítimas, e associação criminosa.

As investigações iniciaram logo após a vítima procurar a Polícia Civil e comunicar o roubo em sua propriedade rural, Fazenda Água Viva, localizada no município de Rosário Oeste (128 km ao Norte).

O crime ocorreu na segunda-feira (02.08). Três homens armados invadiram a fazenda, e mediante grave ameaças renderam e amarraram o caseiro e o gerente. Em seguida, os suspeitos subtraíram 19 animais bovinos e uma caminhonete Toyota, de cor vermelha, posteriormente abandonada numa estrada de terra, aproximadamente 25 quilômetros do local do roubo.

Em diligências, os investigadores de polícia conseguiram identificar e localizar os dois suspeitos, Kelwilly Henrique e Wesly Marques, em uma casa, na cidade Nobres, com uma vaca roubada, já abatida. Um Saveiro branco, usado para transportar os animais, também foi apreendido pela equipe da Polícia Civil de Nobres.

Outras 18 cabeças foram encontradas na Chácara ?Cocho Fundo?, situada no município de Rosário Oeste. Conforme o delegado, Fabiano Pitoscia, as investigações continuam para localizar e prender o terceiro envolvido, Pedro Henrique de Oliveira, que segundo informações fugiu com as armas de fogo utilizadas na ação criminosa.

?Foi representado pela conversão da prisão em flagrante pela prisão preventiva dos dois acusados, além do pedido de decretação de prisão preventiva do suspeito que conseguiu fugir, no entanto já qualificado?, destacou o delegado Fabiano Pitoscia.

Participaram das prisões os policiais civis, Ribeiro, Rosivaldo, Joel, Rutemberg, e Joseane.

Comentários Facebook