Polícia Federal combate o comércio ilegal de ouro no Tocantins

Palmas/TO – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (28/7) a Operação Midas, visando combater o comércio ilegal de ouro no Estado do Tocantins.

Mais de 160 policiais federais deram cumprimento a 40 mandados de busca e apreensão nas cidades de Porto Nacional, Natividade, Conceição do Tocantins (TO), Goiânia, Uruaçu (GO), São José do Rio Preto, Ribeirão Preto e São Paulo (SP), Londrina (PR) e Caxias (RS), expedidos pela Justiça Federal de Gurupi/TO.

A operação tem como objetivo robustecer o conjunto probatório já existente, assim como combater o comércio ilegal de ouro na região de Natividade/TO, recuperar o ouro extraído ilegalmente e os valores obtidos com o crime.

Conforme indicaram as investigações, pessoas residentes em outras unidades da federação compraram ouro de garimpeiros ilegais da região de Natividade/TO, pagando valores menores que o praticado no mercado e sem a devida certificação.

Os envolvidos poderão responder pelo crime de receptação e/ou comércio ilegal de ouro.

O nome da operação remete ao personagem da mitologia grega que transformava tudo que tocava em ouro.

Comunicação Social da Polícia Federal no Tocantins

Telefone: (63) 3236-5440
E-mail: [email protected]

Fonte: Polícia Federal

Comentários Facebook