Polícia Federal deflagra Operação Deep Sea


São Paulo/SP – A Polícia Federal, através do Grupo de Repressão a Crimes Cibernéticos, deflagrou hoje, 13/01/2022, a OPERAÇÃO DEEP SEA, visando o combate ao abuso sexual infantil e sua difusão na internet.

A investigação é fruto do trabalho conjunto da INTERPOL e da Polícia Federal brasileira, envolvendo policiais de várias nacionalidades, que descobriram, em fórum da DEEPWEB, vídeo com imagens de estupro de uma criança brasileira.

Com o uso de modernas técnicas investigativas, foi possível identificar como autor dos delitos, um cidadão de aproximadamente 30 anos, residente em São Paulo/SP e pai de três crianças.

A rápida capilaridade da DEEPWEB fez com que este vídeo, produzido na capital paulista, fosse acessado e replicado por usuários da rede TOR em diversos países.

A vítima também foi devidamente identificada durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva expedidos pela 3ª Vara Criminal Federal de São Paulo.

A responsável pelas crianças foi devidamente orientada sobre os procedimentos necessários e cabíveis para acompanhamento e proteção dos menores de idade em situação de vulnerabilidade.

O autor dos crimes responderá pela produção e divulgação de arquivos de mídia com conteúdo pornográfico-infantil (Estatuto da Criança e do Adolescente) e pelo Estupro de Vulnerável (Código Penal).

Comunicação Social da PF em São Paulo
Fone: (11) 3538-5013
E-mail: [email protected]

Comentários Facebook