População da região do Moinho recebe moção de aplauso pela não implantação do IML

class=”olho”>NOTÍCIAS
12/04/2018
População da região do Moinho recebe moção de aplauso pela não implantação do IML
Brunna Maria – Secom/Câmara de Cuiabá

Vereador Luis Claudio (PP)
O Instituto Médico Legal não será mais instalado na região do Moinho, em Cuiabá. Uma vitória para os moradores da região e ao Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de Mato Grosso (Creci-MT) que lutaram junto com os vereadores Luis Claudio (PP), Juca do Guaraná (Avante) e Dr. Washington para que o necrotério não fosse implantado ali. O IML representaria uma desvalorização imobiliária, bem como, graves riscos a população local. Pelo reconhecimento os vereadores concederam cinco moções de aplauso a moradores e Creci-MT.
O Creci da 19ª Região/MT, pessoa jurídica de Direito Público tem poderes para fiscalizar, orientar e disciplinar o exercício da profissão do corretor de imóveis em todo o território do Estado de Mato Grosso, além de representar, nos limites de sua competência e abrangência, com autonomia administrativa, operacional e financeira, em juízo ou fora dele, os legítimos interesses de seus inscritos.
Tendo em vista que os diretores do Creci batalharam juntamente com os moradores da região do Moinho contra a instalação do Instituto Médico Legal no local, convencendo as autoridades envolvidas com o esclarecimento do riscos de se implantar o IML em uma área residencial é que a homenagem será feita por meio de uma moção de aplauso à entidade.
Da mesma forma à população, por meio da síndica do Condomínio Florada dos Aricás, Mirna Regina Pilz, da consultora de venda de caminhões pesados, Norma Alves de Oliveira Yashamoto, do professor doutor da Universidade Federal de Mato Grosso, Alexandre Paulo Machado e ao servidor público, Marilson Mendes Ribeiro.
O documento foi assinado e aprovado em no Plenário das Deliberações na sessão desta quinta-feira (12.04)
Por Beatriz Saturnino – Da Assessoria de Imprensa do vereador Luis Claudio (PP)

Imprimir Voltar Compartilhar:  

Comentários Facebook