População demonstra satisfação com nova passarela construída em frente a rodoviária


.

Após pouco mais de dez dias da entrega da passarela construída em frente ao Terminal Rodoviário Cássio Veiga de Sá, moradores e comerciantes estão satisfeitos com a obra que veio para fazer o diferencial na mobilidade urbana da região. 

Morador e empresário da Avenida Marechal Deodoro há 25 anos, Carlos Silva, se diz satisfeito com a obra executada pela Prefeitura de Cuiabá. “Apesar do pouco tempo da instalação, já podemos perceber uma grande diferença nos horários de pico, principalmente. Todos os dias eram comuns os congestionamentos intermináveis e muitos acidentes registrados. Tenho certeza que essa nova passarela vai contribuir e muito para fluidez do trânsito e garantir muito mais segurança para motoristas e pedestres”, comentou.

Quem também endossou o comentário do senhor Carlos Silva, foi um dos empresários do setor de vestuário, Marciano Paiva. Segundo ele, sem a passarela, o registro de acidentes era comum. Com a retirada dos semáforos melhorou ainda mais a trafegabilidade. “Estamos muito contentes com mais essa ação da Prefeitura. Cada vez mais, Cuiabá está se tornando uma cidade boa de se viver. Isso contribui para o desenvolvimento da Capital”, garantiu.

Totalmente iluminada, coberta, com dois elevadores panorâmicos, que proporciona acessibilidade aos usuários, a estrutura garante mais segurança aos pedestres e ainda ajuda a desafogar o trânsito na região.

No local, foram instalados guarda-corpo nas rampas, estruturação dos vidros (nas torres dos elevadores), instalação das tubulações elétricas e todas as adequações viárias necessárias no entorno da rodoviária. No intuito de coibir a passagem pelo canteiro central, foram instalados gradis metálicos, iluminação de LED, fomentando a realização de uma travessia segura.

“Várias melhorias já foram realizadas nessa região. Essa passarela foi construída com o objetivo de oferecer dignidade a idosos, pedestres, pessoas com mobilidade reduzida e portadores de algum tipo de deficiência”, completou o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo.

 

 

 

 

 

Comentários Facebook