Presidente do Grammy é afastada por “má conduta” dias antes de premiação

source
mulher no centro de palco arrow-options
Deborah Dugan / Twitter / Reprodução

Deborah ainda não se pronunciou sobre acusações nas redes sociais

A primeira mulher a assumir o cargo de presidente e executiva-chefe da premiação Grammy, Deborah Dugan , foi suspensa do cargo poucos dias antes da premiação ocorrer após uma “alegação de má conduta”.

Segundo comunicado, a licença da mulher foi forçada pela Academia após uma alegação formal de má conduta ser feita por membro da equipe, criando preocupações nos “membros do conselho diretor”. A má conduta da mulher, porém, não foi explicitada no comunicado.

Leia também: Confira todos os vencedores e performances do Grammy 2019

Deborah ainda não se pronunciou sobre o caso nas redes sociais ou de forma oficial em outros meios de comunicação. A premiação do Grammy está marcada para o dia 26 de janeiro de 2020.

Fonte: IG GENTE
Comentários Facebook