Produtores da Aprosoja ajudam a resgatar animal que teve patas queimadas em incêndio


Sustentabilidade

Produtores da Aprosoja ajudam a resgatar animal que teve patas queimadas em incêndio

A anta estava com ferimentos graves, e uma equipe do Posto de Atendimento Emergencial de Animais Silvestres (PAEAS) foi acionada

Arquivo

24/10/2020

“O produtor rural salva. Ele tem consciência de que cabe a todos cuidarmos e salvarmos a fauna e a flora”. A declaração é da produtora rural e delegada coordenadora do núccleo de Primavera do Leste da Associação dos Produtores Rurais de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), Rosana Galbieri Leal, que abrigou por dois dias uma anta com as 4 patas queimadas em incêndio florestal na região de Santo Antônio de Leverger. O animal é um macho e pesa cerca de 200 quilos.

“É gratificante quando você consegue movimentar em pouco tempo uma equipe para salvar uma vida. Sempre estamos de portas abertas para ajudar a preservar o meio ambiente e seus animais que ali vivem. Precisamos passar para as próximas gerações de que esse é um trabalho contínuo, de conscientização”, declarou Rosana.

A anta foi encontrada pela engenheira agrônoma da empresa Bayer, Micheli Guizini, na região de Santo Antônio de Leverger e seria resgatada via terrestre, mas por questões de segurança o animal teve que repousar por dois dias na Fazenda Campolina. Ele estava com ferimentos graves, e uma equipe do Posto de Atendimento Emergencial de Animais Silvestres (PAEAS) foi acionada.

Melissa Galbieri, também produtora rural e associada a Aprosoja, auxiliou no resgate do animal. “A sede de nossa propriedade é caminho para Primavera do Leste, então a agrônoma Micheli pediu que o animal ficasse lá até ser providenciado o resgate apropriado. Não foi nada fácil, temos muito cachorros na fazenda, armamos uma ‘cerca de bags’ e deixamos um funcionário lá à noite cuidando dela. Para cada vida vale a pena, precisamos ter consciência”, afirmou Melissa.

A equipe de profissionais da PAEAS identificou que as patas do animal estavam muito machucadas e de imediato fizeram curativos para aliviar a dor. Ele foi transportado por um helicóptero do Exército Brasileiro até a Base Transpantaneira, no Pantanal.

De acordo com informações do PAEAS, já foram atendidos 182 animais em regiões de queimadas em Mato Grosso.

 

Fonte: Ascom

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: [email protected]

Fonte: APROSOJA

Comentários Facebook