Projeto inclui conteúdos de cidadania, ética e politica na rede estadual de ensino de MT


Foto: Marcos Lopes

O Brasil está passando por uma grave crise econômica que tem causado uma anomalia socioeducacional no país. Visando resgatar os valores éticos e cívicos, o deputado estadual Paulo Araújo (Progressistas) apresentou, durante sessão plenária de quarta-feira (22), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), o Projeto de Lei nº 858/21, que dispõe sobre a inclusão dos conteúdos de cidadania, ética e politica na rede estadual de ensino.

O teor programático deverá integrar as disciplinas do ensino médio da rede pública, de forma sistemática e permanente, como conteúdo curricular e não como disciplina. Ou seja, os conteúdos de cidadania, ética e politica deverão ser inseridos como temas complementares das disciplinas de estudos sociais e história. 

Para Paulo Araújo, a educação é considerada como necessária para a formação do cidadão. “Um dos caminhos indispensáveis para alavancar o desenvolvimento dessas competências no educando é o investimento na sua formação quanto à cidadania, ética e politica, o que lhe dará habilidades necessárias para a participação efetiva na vida social e política, com a construção de personalidades morais que busquem, de forma consciente e virtuosa, o bem pessoal e coletivo”, justificou o parlamentar.

Por fim, segundo o autor do projeto, com a inclusão de temas relacionados à cidadania no currículo escolar pretende “propiciar aos alunos, por meio dos conteúdos trabalhados, o conhecimento e a percepção na prática da defesa do princípio democrático. A compreensão dos seus direitos e deveres como cidadãos brasileiros e da organização sociopolítica e econômica do país, a valorização da obediência à lei e o estimulo à busca pelos valores éticos e morais”, concluiu Paulo.

Tramitação

A proposição está sujeita às votações nas comissões de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura e Desporto, e de Constituição, Justiça e Redação.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook