Publicações sobre dietas serão menos mostradas para jovens no Instagram; entenda

source

Olhar Digital

instagram arrow-options
shutterstock

Anúncios de dietas aparecerão menos para jovens no Instagram.


O Instagram informou que vai impor restrições para as postagens vinculadas a determinados produtos de dieta e procedimentos estéticos. Em alguns casos, a rede social informa que as postagens serão removidas totalmente. As novas regras também vão afetar o Facebook , empresa que controla o Instagram .

A medida vem em resposta a um aumento no número de publicações feitas por influenciadores que têm como objetivo vender produtos como suplementos e bebidas dietéticas, além de procedimentos cirúrgicos. Acredita-se que essas postagens aumentem a pressão sobre usuários mais jovens, fazendo com que eles se preocupem demais com seu corpo e em como eles devem viver suas vidas.

Leia também: Seguindo os passos do Instagram, Facebook pode parar de exibir likes na rede

As publicações que apresentarem esse tipo de conteúdo não serão exibidas para jovens com menos de 18 anos de idade. O Instagram  declarou que produtos que afirmam oferecer resultados “milagrosos” vão contra as diretrizes de utilização da plataforma, e, por isso, essas postagens podem ser removidas sem aviso prévio. A restrição passa a valer para todas as publicações que incentivem a compra de algum produto desse tipo.

Uma outra medida envolve uma nova maneira de permitir que as pessoas denunciem postagens que desrespeitam as diretrizes de utilização da rede social , mas que não foram captadas pelos algoritmos do Instagram .

Leia também: Instagram sem likes: aspirantes na rede perdem, mas bem-estar aumenta

Uma pesquisa aponta que o Instagram é a rede social mais prejudicial para seus usuários, no entanto, parece que eles se preocupam bastante com a saúde mental de seu público. Em uma decisão que gerou controvérsia, a rede social removeu o número de ‘likes’  das postagens para que as pessoas “foquem mais nas fotos e nos vídeos que são compartilhados pelas pessoas que elas seguem”.

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook