Recursos de transações penais do MPE são revertidos em melhorias para unidades da Politec

Recursos de transações penais provenientes de Termos de Ajustamento de Conduta (TAC) firmados pelo Ministério Público Estadual foram revertidos em aquisição de bens para unidades da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) no interior.

A Gerência de Medicina Legal de Barra do Garças adquiriu diversos itens com a reversão de indenizações no valor de R$ 5 mil. Entre eles, bebedouro, aparelhos de ar condicionado, colchão com capa para a maca ginecológica, escada para a maca e divisória naval com porta dividindo a sala de exame e de atendimento médico.

A cooperação do MPE viabilizou o conserto da câmara mortuária da Gerência de Medicina Legal de Primavera do Leste que estava danificada, no valor de R$ 2.300. O recursos foi destinado pelo Conselho Comunitário de Segurança do município. “Fui ao Ministério Público pedir auxílio financeiro para conserto. Enviei pra eles o orçamento da única empresa qualificada aqui, pois, além de consertar a câmara fria do IML que estava com o teto caído devido ao peso do gelo formado, eles fizeram o reparo e adaptaram a geladeira a trabalhar em temperaturas negativas, e assim, evitar o acúmulo de gelo”, explicou o gerente regional da Politec do município, Adriano Barata.

A Coordenação Regional de Sinop também conseguiu recursos das transações penais provenientes do Ministério Público. A utilização deste recurso é feita por meio do Conselho Comunitário de Sinop, que é o responsável pelos repasses. Foram adquiridas duas lupas espectrais e duas lupas digitais, equipamentos utilizados nos exames de documentoscopia; lanterna tática; martelo de inércia Lyman; materiais utilizados para identificação veicular, como caixa de ferramentas, solventes, estopas e um aparelho telefônico sem fio. Também foi possível a troca da porta de entrada do prédio da Politec.

Também foi possível a aquisição de materiais de consumo como luvas de procedimento, lâmpadas, lâminas de bisturi.

Parcerias com prefeituras ainda tem possibilitado aquisições de mobiliários e reformas nas unidades. Uma delas foi à Gerência de Diamantino que além da pintura e reforma do prédio, conseguiu equipar a sala de atendimento às mulheres, com mesa ginecológica e a sala de exames de corpo de delito com parte de doações.

Para o Diretor de Interiorização da Politec, Elesbão Vitor da Silva, as parcerias com outras instituições são importantes para manutenção da qualidade dos serviços prestados. “São bastante relevantes, uma vez que o orçamento da Politec é pequeno frente às demandas. Os recursos destinados pelas prefeituras e MPE vem suprir esta necessidade e contribuir para a qualidade na prestação de serviços à sociedade e na resposta às instituições requisitantes”, afirmou.

Comentários Facebook