Requalificação da rede de drenagem da Rodovia Palmiro Paes de Barros avança e trânsito no local é modificado provisoriamente

Avançando de forma célere, a obra de requalificação da rede de drenagem da Rodovia Palmiro Paes de Barros alcançou nesta quinta-feira (23) um novo trecho da via. Neste momento, uma equipe executa a etapa de escavação na altura da entrada principal do bairro Parque Cuiabá e, por esse motivo, o trânsito no local precisou ser modificado. Coordenada pela Secretaria de Obras Públicas, a intervenção faz parte do planejamento de melhoria na infraestrutura da cidade, desenvolvido pela gestão Emanuel Pinheiro.

As equipes estão centralizadas na pista sentido centro-bairro, que teve seu tráfego transferido provisoriamente para a via ao lado. Já os motoristas que transitam em direção à região central, a passagem é feita pelas margens laterais. Desta forma, a Secretaria de Mobilidade Urbana (SEMOB), a qual se faz presente, pede a atenção da população quanto à sinalização.

O vice-prefeito e secretário, José Roberto Stopa, explicou que as melhorias visam exterminar os pontos de alagamentos registrados anualmente na rodovia, especialmente durante o período chuvoso e pontuou as intervenções já promovidas até o momento. 

“Infelizmente, é impossível realizar uma grande obra sem causar algum incômodo,  de forma silenciosa, são necessárias adaptações e algumas mudanças temporárias. Na Palmiro Paes de Barros não poderia ser diferente. É um compromisso nosso, meu e do prefeito Emanuel Pinheiro, que estamos cumprindo com a comunidade cuiabana, que em época de chuva sofre muito aqui. Já finalizamos na região do bairro Cohab São Gonçalo, ampliação dos bueiros, em uma pista e agora estamos na outra. Se Deus quiser, pretendemos entregar o quanto antes, uma drenagem eficiente e de muita qualidade”, disse o gestor. 

Os serviços estão sendo desempenhados pela empresa J.B Lopes Construtora. Em seguida, segue para as fases de implantação das manilhas, compactação da superfície e por fim, a pavimentação asfáltica, aumentando assim, a capacidade do sistema de captação de águas.

Comentários Facebook