Robô russo retorna à Terra após breve estadia em estação espacial

Olhar Digital

espaço arrow-options
Agência Espacial Europeia

Robô passou duas semanas em estação espacial.


Depois de uma curta estadia a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS), o robô humanoide russo, Skybot F850, retornou à Terra dentro de uma espaçonave Soyuz não tripulada. Originalmente conhecido como FEDOR, o robô foi submetido a uma série de testes por uma equipe de cosmonautas russos durante sua estadia de duas semanas a bordo da ISS.

A viagem do Skybot à estação espacial também foi uma espécie de teste. O robô foi lançado sozinho em uma versão de passageiro da espaçonave Soyuz no topo de um novo tipo de foguete. Em breve, a Rússia irá usá-lo para lançar tripulações humanas, e queria garantir que a cápsula e o booster funcionassem bem juntos primeiro, sem pessoas a bordo.

Leia também: ‘Robô-barata’ quase indestrutível pode ajudar em desastres naturais

O lançamento em si foi um sucesso, mas uma vez no espaço, a cápsula Soyuz com o Skybot teve dificuldade em atracar à ISS . A primeira tentativa, um atracamento automático, foi abortada devido a um problema com uma das escotilhas do lado de fora da estação. A tripulação a bordo da ISS teve que mudar outra espaçonave visitante de lugar para “liberar a vaga” para a Soyuz. Com isso, o Skybot chegou à ISS quatro dias após o lançamento, em vez dos dois planejados.

O Skybot tentou executar tarefas dos cosmonautas, como trabalhar com ferramentas e conectar hardware. Alguns dos testes pareceram relativamente bem-sucedidos no ambiente de microgravidade. O humanoide também manteve uma conta no Twitter para atualizar o público sobre seus feitos e descobertas.

Leia também: Bonecos e robôs te assustam? Estudo tenta explicar o porquê

Aqui, o bot posa com Aleksander Skvortsov e Alexey Ovchinin, cosmonauta russo, logo após sua chegada. O Skybot mencionou que “suas engrenagens estavam em boa forma” na chegada.

 Aqui, o Skybot tenta usar uma furadeira elétrica, e fica desconfortavelmente próximo à cabeça de Ovchinin. No final do vídeo, o Skybot aparentemente esfrega a testa com uma toalha.

 E parece que até os robôs ficam com saudades de casa depois de um tempo. Skybot observou que, durante o seu tempo livre, gostava de admirar a nossa Terra de uma das janelas. “É lindo”, o bot expressou em um tweet.

Comentários Facebook