Semob dialoga com permissionários do transporte escolar para garantir medidas de biossegurança


Davi Valle/Secom

Clique para ampliar

Após o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro anunciar a retomada das atividades escolares na rede pública municipal e privada, em sistema híbrido e com um Plano Estratégico de Retomada Segura das Atividades, as vans que realizam transporte de alunos também irão se adequar as medidas de biossegurança para conter a propagação da Covid-19. 

Conforme o diretor de Transportes da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), Nicolau Budib, já existe uma conversa avançada com os   Permissionários do Transporte Escolar (Aspetre) sobre as  normativas que serão publicadas em portaria. 

” Já falamos com a Aspetre sobre as medidas de biossegurança, como a obrigatoriedade de  uso de máscaras, álcool em gel e janelas abertas. Já com relação a  capacidades de  passageiros, ele  justifica que a capacidade no normal, já é reduzida”, comentou Nicolau.
A Semob, conforme o diretor de Transporte, irá intensificar a fiscalização  para combater o transporte clandestino de alunos. A Pasta possui agentes capacitados que irão reforçar a fiscalização com o retorno às aulas,  tanto em vans como em veículos de passeios. 
“Vamos bater duro na fiscalização do transporte clandestino. Peço que as escolas denunciem esses carros ou vans que atuam de forma irregular para a própria segurança dos alunos.  Já ocorreu em outros estados casos graves e fatais envolvendo crianças, comoesquecimentos ou abuso sexuais. O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) proíbe o transporte de crianças em carros particulares ou com motoristas de aplicativos. Por isso, é  muito importante a colaboração de todos, principalmente dos pais, que devem ficar atentos com a segurança de seus filhos, “, concluiu
Para denunciar veículos irregulares, a população pode entrar em contato pelo número 08006451517 (Ouvidoria Setorial da Secretaria de Mobilidade Urbana. 
 
 
 

Comentários Facebook