Senasp abre inscrições para cursos nas áreas de Perícia Criminal e Identificação Técnica

A Rede de Educação a Distância da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Ead/Senasp) está com inscrições abertas para cinco cursos nas áreas de Perícia Criminal e Identificação Técnica, por meio do Módulo Academia – Aperfeiçoamento Profissional (MAAP). A capacitação é realizada totalmente pela internet e as inscrições serão recebidas até o dia 21 de agosto.

O módulo faz parte do Ciclo 38 e é dirigido aos profissionais de segurança pública, de acordo com sua instituição, e com carga horária de 300 horas-aula.

No campo de atuação dos servidores da área finalística da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) são oferecidos cursos nas áreas de Perícia Papiloscópica em Identificação Humana, Necropapiloscopia, Crimes Cibernéticos – Procedimentos Básicos, Identificação Veicular e Balística Forense Aplicada.

Todas as disciplinas devem ser cursadas para a obtenção do certificado do MAAP. Caso o aluno não consiga completar os cursos/disciplinas componentes da grade curricular dos ciclos, receberá apenas os certificados individuais dos quais realizou com aproveitamento.

Cada curso possui carga horária de 60 horas-aula. Três cursos serão ministrados na primeira etapa do Ciclo e são pré-requisitos para os outros dois, que serão realizados dentro do segundo ciclo. As aulas do primeiro ciclo começam no dia 1º de setembro e vão até o dia 10 de outubro.

Os servidores interessados deverão encaminhar nome completo, CPF, cargo, e-mail e telefones pessoal e funcional para o e-mail [email protected] . O perito criminal Márcio Godoy assumiu a Coordenação de Capacitação, e ficará responsável pelo recebimento das inscrições até o próximo domingo (21/08).

De acordo com o edital, a metodologia adotada está alinhada com a interdisciplinaridade, com a contextualização do conteúdo, envolvendo a relação teoria-prática, objetivando a otimização profissional dos servidores da segurança pública.

Rede EAD/Senasp

A rede EAD da Senasp foi criada pelo Governo Federal em 2005 e tem o objetivo de viabilizar acesso gratuito à educação continuada, integrada e qualificada aos profissionais da segurança pública.

As capacitações são oferecidas exclusivamente para profissionais da Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros, Politec, Guarda Municipal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Sistema Prisional de todo o País. As matrículas são validadas após comprovação do vínculo funcional do profissional junto à instituição.

A realização dos cursos é resultado de acordos de cooperação federativa firmados entre o Ministério da Justiça e os Governos estaduais e municipais.

Comentários Facebook