Servidores da CGE aprimoram performance de liderança por meio do Coaching

Ligiani Silveira – CGE/MT

Vinte e dois servidores da Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) participam de curso para aprimorar a performance de liderança por meio da ferramenta de desenvolvimento humano denominada de Coaching. A capacitação começou dia 9 de agosto e somará 40 horas (entre aulas presencias e atividades extraclasse). A iniciativa é da Secretaria de Estado de Gestão (Seges), por meio da Escola de Governo.

O curso objetiva melhorar o clima organizacional nos setores onde os gestores que participaram do curso atuam, propiciar o autoconhecimento e autogestão dos gestores públicos, estimular a compreensão da importância da diversidade humana, melhorar a gestão de talentos, de tempo, de produtividade e de conflitos, fomentar uma comunicação clara e eficaz entre líderes e liderados, despertar os servidores para a necessidade de adaptabilidade às mudanças e aumentar a qualidade dos serviços prestados.

Para o alcance desses objetivos, a idealizadora e facilitadora da capacitação, Tatiana Barbieri, utiliza ferramentas interativas e reflexivas, com vídeos, trocas de vivências e atividades dinâmicas. Segundo ela, o Coaching é uma abordagem com foco no futuro, no sentido de levar cada um à reflexão e consciência do seu estado atual e do que é preciso fazer para se alcançar um objetivo.

Além disso, tem como outros princípios: a ausência de qualquer tipo de julgamento, as ações transformadoras e a relação de confiança, comprometimento e parceria com o outro. “Nosso principal adversário somos nós mesmos. Por isso, precisamos explorar ao máximo nosso potencial para nos tornarmos pessoas melhores a cada dia e alcançarmos os melhores resultados. Precisamos ser sempre a nossa melhor versão e os resultados dos esforços nos trarão recompensas”, comentou.

Um dos participantes do curso é o superintendente de Auditoria e Controle em Aquisições e Apoio Logístico, Emerson Hideki Hayashida. Para ele, o treinamento é bem-vindo. ??O resultado dele (do curso) só depende de nós. Sempre. Nós que fazemos as coisas acontecerem. Nós somos os responsáveis pelo acontecimento. Isso depende de outros fatores também. O mais importante do treinamento são técnicas que são colocadas a nossa disposição. Temos que aplicá-las no nosso dia a dia??, disse.

O “Programa de Liderança e Coaching para os Gestores Públicos” está sendo desenvolvido por instituição. A CGE e a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) foram os primeiros órgãos contemplados.

A facilitadora do curso é servidora pública estadual (da Secretaria de Estado de Saúde ? SES) graduada em Coaching pelo Instituto Brasileiro de Coaching (IBC) e possui experiência inclusive nos Estados Unidos.

Comentários Facebook