Sul da América do Sul terá sistema de informação sobre secas

Os países do sul da América do Sul terão um sistema regional de informação sobre as secas que impactam a produção agropecuária e podem causar prejuízo aos agricultores. Projeto desenvolvido e aprovado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) foi lançado nesta quarta-feira (24), em Assunção, no Paraguai, em evento com a participação de Pedro Loyola, diretor do Departamento de Gestão de Risco da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura.

A finalidade do sistema é fornecer observações sobre o impacto das secas na região e gerar um espaço de diálogo político regional para reduzir os riscos. De acordo com Pedro Loyola, “as secas têm grande impacto social e econômico no sul do continente, especialmente na produção agrícola e pecuária. A iniciativa está alinhada com a política integrada de gestão de riscos que o ministério está construindo.”

O projeto “Desenho e Implementação de Sistema de Informação sobre Secas para o Sul da América do Sul (Sissa)” será coordenado pelo Centro Regional Climático para o Sul da América do Sul (CRC SAS), sendo integrado por serviços meteorológicos, instituições de política agrícola e de pesquisa e organizações de gerenciamento de risco da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai.

Para Loyola, “a iniciativa é importante porque cada país tem seus próprios sistemas de informação sobre secas, e alguns têm políticas e instrumentos que usam a informação meteorológica e de monitoramento do clima para reduzir impactos e melhorar a previsão de eventos futuros”.

No encontro, realizado no escritório do BID em Assunção, o diretor falou sobre programas do Mapa como o Garantia Safra, o Proagro, o Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural, além do Zoneamento Agrícola e Risco Climático (Zarc). “Houve grande interesse dos países participantes do encontro em relação ao Zarc”, segundo Loyola.

O evento segue até sexta-feira (26). Saiba mais sobre o novo sistema aqui:

https://www.iadb.org/es/project/RG-T3308

Mais informações à imprensa:Coordenação-geral de Comunicação Social
[email protected]

Fonte: MAPA GOV
Comentários Facebook