TCE-MT reforça compromisso de combate ao suicídio com adesão ao Setembro Amarelo


Tony Ribeiro/TCE-MT

Durante a sessão ordinária remota desta terça-feira (14) o presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT), conselheiro Guilherme Antonio Maluf, reforçou o compromisso da instituição com a proposta do Setembro Amarelo, mês dedicado ao alerta a transtornos mentais e combate ao suicídio.

“Iniciamos a sessão plenária de hoje abordando um tema que requer nossa atenção: o suicídio. Embora o assunto ganhe visibilidade ao longo do Setembro Amarelo, mês escolhido para reforçar a disseminação de informações e prevenir essas mortes, devemos nos manter atentos durante todo o ano”, disse.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o número anual de mortes anuais por esta causa em todo mundo chega a 1 milhão. Só no Brasil são registrados cerca de 12 mil suicídios por ano. Os dados apontam ainda  que uma pessoa se suicida a cada hora, enquanto outras três tentaram se matar sem sucesso no mesmo período.

“Um problema de saúde pública dessa magnitude não pode ser negligenciado. Por isso é nosso dever reforçar a todos que, ao perceberem sinais de alerta em familiares, amigos ou colegas de trabalho, os incentivem a procurar ajuda de profissionais de serviços de saúde, de saúde mental, de emergência ou apoio”, ponderou o presidente.

Para simbolizar o engajamento do Tribunal, a fachada do órgão foi iluminada com luzes amarelas e todos os membros do plenário e servidores passaram a usar um laço desta mesma cor, símbolo mundial do Setembro Amarelo.

Na ocasião, Maluf lembrou ainda o serviço prestado pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), que oferece suporte emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo, por telefone, email, chat e voip 24 horas todos os dias. Basta ligar 188.

Andre Garcia Santana
Secretaria de Comunicação/TCE-MT
E-mail: [email protected]
Flickr: clique aqui

Fonte: TCE MT

Comentários Facebook