Thiago Silva cobra convocação de aprovados em concurso


.

Thiago se reúne com os aprovados

Foto: ERIK VALERIANO / Assessoria de Gabinete

O deputado estadual Thiago Silva (MDB)se reuniu, na noite de segunda-feira (14), em Rondonópolis, com um grupo de aprovados nos concursos públicos de 2016 e 2018 abertos para os cargos de agente penitenciário e profissionais de nível superior do sistema penitenciário, bem como de agente de segurança socioeducativo e assistente do sistema socioeducativo.

Os presentes apresentaram preocupação com a demora para a convocação. No encontro foi relatado, que até o momento existe um “listão” estadual para convocação, mas ainda sem prazo. 

O grupo ainda repassou que mesmo com uma penitenciária, cadeia pública masculina e feminina e um Centro de Atendimento Socioeducativo em Rondonópolis, o município não foi colocado entre os locais disponíveis para os aprovados. “É uma situação preocupante para esses trabalhadores que foram aprovados nos concursos e querem exercer suas funções. Já estamos em contato com o estado e lutamos para uma solução o mais rápido possível. Essas pessoas são fundamentais para a melhora na ressocialização de reeducandos e menores com medidas socioeducativas. Um balanço apresenta a necessidade de quase mil novos profissionais na área de segurança”.

O secretário-adjunto de Administração Penitenciária, Emanoel Alves Flores, participou da reunião, por telefone. O gestor respondeu aos questionamentos dos aprovados e informou que o governo trabalha para resolver a questão. “O estado está fazendo uma engenharia para tentar resolver essa situação. Algumas unidades estão em construção e assim que concluídas devem ajudar nesse processo”, assegurou. 

Thiago Silva, que é membro permanente da Comissão de Segurança Pública e Comunitária e da Comissão da Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) afirmou aos aprovados que uma das saídas para o chamamento de grande parte é a garantia financeira.

“Vamos trabalhar para incluir no orçamento de 2021 recursos que irão garantir as convocações e garantir o fim dessa espera. Vamos unir forças com outros colegas da Assembleia Legislativa e tentar resolver essa situação o quantos antes, para sanar a demanda no sistema penitenciário e socioeducativo”, propôs o parlamentar.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook