TRE valida votos de Barranco; posse na Assembleia será na sexta

FolhaMax

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) procedeu na manhã desta segunda-feira (12) a recontagem dos votos da eleição de 2014 referente à disputa de vagas da Assembleia Legislativa. Foram validados a quantia de 19.227 votos do ex-prefeito de Nova Bandeirantes Valdir Mendes Barranco (PT).

Diante disso, o petista tem assegurado o mandato de deputado estadual em substituição ao coronel reformado da Polícia Militar, Pery Taborelli (PSC), que por sua vez será remetido à primeira suplência da coligação que elegeu o deputado estadual Wancley Carvalho (PV). Taborelli recebeu apenas 18.526 votos nas eleições de 2014. Atualmente, Taborelli é candidato a prefeito de Várzea Grande.

De acordo com o advogado Elvis Klauk Junior, por uma questão procedimental, a diplomação de Valdir Barranco como deputado estadual está programada para sexta-feira (16). Neste mesmo dia, deverá ser enviado ofício a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa determinando a imediata posse do parlamentar. “Após a solenidade, a Assembleia Legislativa será comunicada. Provavelmente a diplomação e posse ocorrerá na sexta-feira”, disse.

Inicialmente, Barranco foi considerado ficha suja pela Justiça Eleitoral, mas conseguiu reverter à decisão no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o que levou a permissão de obter o registro de candidatura.

A decisão do ministro Luiz Fux levou em consideração o novo entendimento firmado pelo STF (Supremo Tribunal Federal) de que as contas anuais de gestão e governo deve ser julgada exclusivamente pelas Câmaras Municipais, cabendo ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) a emissão de parecer técnico opinativo. Enquanto prefeito de Nova Bandeirantes, Barranco teve as contas de 2008 aprovadas pela Câmara Municipal, mas reprovadas pelo TCE.

Com a posse de deputado estadual, Barranco vai receber salários retroativos a fevereiro de 2015, o que lhe permitirá receber de uma só vez uma quantia próxima a R$ 500 mil. Embora seja um direito de Barranco, o petista ainda não dialogou com sua equipe de advogados a respeito disso.

Comentários Facebook