Várzea Grande aplicou 2.437 doses de vacinas no dia D da Campanha de Multivacinação e contra a Poliomielite


19/10/2020    9

A  Secretaria de Saúde, promoveu no último sábado (17), o dia D da Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação. Além da vacinação, foi verificada a situação vacinal com foco na atualização das cadernetas de crianças e adolescentes e na vacinação de crianças contra a poliomielite. A campanha começou no dia 5 e vai até 30 de outubro.

Somente no dia D foram aplicadas 2.437 doses da vacina contra Poliomielite via oral , em crianças de 1 ano a menores de 5 anos de idade ( 4 anos, 11 meses e 19 dias), além da VOP e outras vacinas que foram aplicadas de acordo com a necessidade de cada criança e ou adolescente ( menor de 15 anos).

De acordo com a responsável pela Vigilância em Saúde de Várzea Grande, Relva Cristina , a procura da população nos pontos de vacinação foi satisfatória, uma vez que algumas unidades tiverem que ir além do horário estipulado para o encerramento das atividades do dia D.

“ A mobilização ocorreu  em 23 pontos de vacinação, sendo 21 em Unidades Básicas de Saúde e dois pontos em escolas municipais, a Emeb Antônio Salústio e a Cmei Wilson Sodré. Estiveram envolvidos na ação mais de 150 servidores da secretaria Municipal de Saúde. A vacinação continua e  recomenda-se que crianças (acompanhadas de adulto), adolescentes e jovens, procurem uma Unidade de Saúde próxima de suas casas, munidos da Caderneta de Vacinação e não percam a oportunidade de imunizar-se, pois, essa é a forma mais eficaz de prevenir doenças”, alertou Relva Cristina.

O público-alvo da campanha contra poliomielite são crianças de 1 ano a menores de 5 anos, que devem receber a Vacina Oral de Poliomielite (VOP), desde que já tenham recebido as três doses da Vacina Inativada de Poliomielite (VIP), do esquema básico de vacinação. Crianças menores de 1 ano (de 29 dias até 11 meses) deverão ser vacinadas seletivamente com a VIP, conforme as indicações do calendário nacional de vacinação.

“A Saúde adotou todas as medidas de biossegurança necessárias nos pontos de vacinação, na garantia da administração das vacinas em locais adequados com a disponibilização no  local de álcool em gel e orientamos  que somente um familiar acompanhe a criança a  ser vacinada . São medidas necessárias com a  pandemia do novo coronavírus -Covid-19. O importante é vacinar e assegurar a saúde das crianças com doenças preveníveis com a vacina”, destacou a coordenadora Relva Cristina.

Por: Da Redação – Secom/VG

Comentários Facebook