Vasco confirma falta de água em São Januário por conta de dívidas


O Vasco está sofrendo com a falta de água na sede do São Januário
Reprodução / Vasco da Gama

O Vasco está sofrendo com a falta de água na sede do São Januário

O Vasco da Gama confirmou nesta sexta-feira (04) que o abastecimento de água no São Januário foi cortado pela CEDAE (Companhia Estadual de Águas e Esgotos) por conta de dívidas.

Leia também: Vasco entra em acordo com jogador e consegue reverter penhora de renda

O Vasco
informou que negocia o valor, próximo aos R$ 10 milhões, e disse estranhar a atitude da companhia de cortar a água
da sede de São Januário
no último dia de mandato da antiga administração, no dia 28 de dezembro.

“O Clube informa também que, no dia 28 de dezembro de 2018, a Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) interrompeu o fornecimento de água na sede de São Januário. O Clube manifesta sua estranheza com a adoção de uma medida intempestiva como esta, no último dia útil de mandato da antiga Administração Estadual, no momento em que negocia com a alta direção da Cedae um acordo para a renegociação de antigas dívidas, no valor aproximado de R$ 10 milhões”, diz trecho do comunicado divulgado pela diretoria.

O clube relatou ainda na nota que enfrenta dificuldades para conseguir a liberação de empréstimos para quitar suas dívidas, principalmente por conta dos bloqueios judiciais sofridos.

“Até o presente momento, não foi possível concluir o recebimento dos R$ 18 milhões referentes à segunda parcela do empréstimo bancário no valor total de R$ 38 milhões, aprovado pelo Conselho Deliberativo no dia 17 de setembro de 2018. O atraso se deve a dificuldades para a obtenção das garantias necessárias ao empréstimo, em decorrência de bloqueios judiciais sofridos pelo Clube”.

Leia também: Carlos Alberto cobra dívida do Vasco: “Tudo caloteiro, safado”

Confira a nota do Vasco

“Em respeito a seus conselheiros, associados, funcionários e torcedores, o Club de Regatas Vasco da Gama vem a público atualizar e esclarecer algumas questões de ordem administrativa e financeira:

1. Até o presente momento, não foi possível concluir o recebimento dos R$ 18 milhões referentes à segunda parcela do empréstimo bancário no valor total de R$ 38 milhões, aprovado pelo Conselho Deliberativo no dia 17 de setembro de 2018;

2. O atraso se deve a dificuldades para a obtenção das garantias necessárias ao empréstimo, em decorrência de bloqueios judiciais sofridos pelo Clube;

3. Por meio de seu Departamento Jurídico, o Clube já adotou as medidas cabíveis junto aos meios competentes para equacionar o impasse, desbloquear suas contas e, assim, liberar as garantias para o empréstimo;

4. Como tem sido amplamente divulgado por esta Diretoria Administrativa, o empréstimo em questão é fundamental para o Clube honrar compromissos financeiros do exercício de 2018;

5. Em nome da transparência que pauta esta gestão, o Clube informa também que, no dia 28 de dezembro de 2018, a Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) interrompeu o fornecimento de água na sede de São Januário. O Clube manifesta sua estranheza com a adoção de uma medida intempestiva como esta, no último dia útil de mandato da antiga Administração Estadual, no momento em que negocia com a alta direção da Cedae um acordo para a renegociação de antigas dívidas, no valor aproximado de R$ 10 milhões.

6. Poucos dias antes, a Diretoria Administrativa havia encaminhado à Cedae uma proposta para a repactuação dos débitos, para qual aguarda resposta. O Clube acredita que a direção da estatal terá o bom senso e a razoabilidade de reverter esta medida abrupta, como reconhecimento do empenho desta Diretoria Administrativa em equacionar todas as pendências;

7. Conforme tem sido amplamente divulgado, o Vasco montou um comitê de renegociação de dívidas, que já fechou acordo com quase 200 credores.

8. Esta Diretoria Administrativa reafirma, mais uma vez, que tem trabalhado incansavelmente para assegurar que o Clube honre todas as suas obrigações financeiras.”

Leia também: Invasão de rato em São Januário faz Vasco virar piada na internet; veja os memes

A primeira partida do Vasco
no São Januário em 2019 deve acontecer no dia 23 de janeiro contra o Volta Redonda pelo Campeonato Carioca.

Comentários Facebook