Veja como deverá ficar a versão esportiva GTS do sedã compacto Virtus


Projeção do designer Kleber Silva mostra como poderá ficar o VW Virtus GTS, nova versão esportiva do sedã
Projeção/Kleber Silva

Projeção do designer Kleber Silva mostra como poderá ficar o VW Virtus GTS, nova versão esportiva do sedã

Vai se aproximando a data de abertura do Salão do Automóvel, no São Paulo Expo, entre 8 e 18 de novembro.  Embora algumas fabricantes tenham resolvido fazer algum mistério em torno do que vão apresentar no evento, já existem informações de bastidores que dão conta de qual serão algumas novidades que vão ser mostradas. O VW Virtus GTS será uma delas. 

LEIA MAIS: Volkswagen Virtus: 5 coisas que não te contaram sobre o modelo

A Volkswagen já confirmou que vai mostrar o utilitário esportivo compacto T-Cross, cuja apresentação online está marcada para o próximo dia 25 não apenas para o Brasil, mas também China e Alemanha. Porém, a marca alemã não bateu o martelo oficialmente sobre o que mais vai ter no seu estande na capital paulista.Um dos carros inéditos deverá ser a versão esportiva do sedã compacto VW Virtus
, a GTS, que também vai estar disponível para o hatch Polo.

O visual da novo modelo ainda não foi revelado, mas o designer Kleber Silva fez as projeções de como poderá ficar a novidade. Entre outros detalhes, repare na frente com novos para-choques que seguem o estilo adotado no Golf GTI, com filetes pintados de preto brilhante.

Os faróis com lentes escurecidas e com uma faixa de LED da luz diurna também faz parte dos itens exclusivos do  sedã
GTS, bem como as rodas esportivas que deixam à mostra as pinças de freio vermelhas. Para compor o visual com apelo esportivo, o carro também deverá contar com as carcaças dos espelhos retrovisores externos na cor preta brilhante, assim como a capota.

LEIA MAIS: Fiat Cronos enfrenta VW Virtus, ambos com câmbio manual

O designer também incluiu lanternas traseiras do tipo fumê e a sigla GTS (usada pela VW nos anos 80 e 90 nas versões esportivas de Passat e Gol) tanto na traseira quanto na grade frontal. Outro detalhe é que há muito poucos cromados  no carro. As molduras das janelas e as colunas são todas pretas. Apenas as saídas falsas de escape embutidas no para-choque são cromadas.

Mais detalhes do VW Virtus GTS


Trabalho do designer Kleber Silva mostra que o VW Virtus GTS poderá ter lanternas traseiras do tipo fumê
Projeção/Kleber Silva

Trabalho do designer Kleber Silva mostra que o VW Virtus GTS poderá ter lanternas traseiras do tipo fumê

 Não foram feitas imagens do interior do Virtus GTS, mas espera-se que tenha itens como pedais de alumínio perfurado e padronagem de acabamento diferenciada, mais voltado ao  apelo esportivo. Portanto, é bem provável que existam detalhes vermelhos nos bancos, no volante e na alavanca de câmbio.

Assim como por dentro, o conjunto mecânico do Virtus GTS ainda é uma incógnita. Entretanto, o mais provável é que a Volkswagen opte por instalar o mesmo motor 1.4 turbo flex da versão topo de linha do VW T-Cross
,feito com a mesma arquitetura MQB e o mesmo entre-eixos do sedã. Estamos falando de um motor de 150 cv e 25,5 kgfm de torque a meros 1.500 rpm, números que dão bom ânimo ao Golf Highline e que podem fazer ainda mais num carro mais leve, como o Virtus. 

LEIA MAIS: VW Polo e Virtus ganham câmbio automático com motor 1.6 MSI

Além disso, o motor 1.4 turbo flex deverá ser acoplado a uma caixa manual na  dupla Polo e Virtus GTS. Isso daria ainda mais agilidade à nova versão e estaria condizente com a proposta do apelo esportivo. E um terceiro fator que recai sobre a caixa manual é o fato de que, com ela, quando o assunto é preço, o VW Virtus
GTS ficaria uma distância mais confortável do novo Jetta, que tem o mesmo motor 1.4 turbo.

Comentários Facebook