Viciada em bronzeamento artificial desenvolve câncer e fica com buraco no nariz

A professora Rebekah Rupp, de 41 anos, fazia bronzeamento artificial seis vezes por semana sem os devidos cuidados com a proteção solar. Em entrevista à agência Media Drum World , ela conta que ficou chocada quando soube que uma mancha que apareceu em seu nariz era, na verdade, câncer.

Leia também: Mulher com câncer de pele mostra como tumor “devorou” seu rosto

câncer bronzeamento arrow-options
Reprodução/Metro.co.uk

Mulher que era viciada em bronzeamento artificial por anos desenvolveu câncer de pele e teve um buraco no nariz


Assim que notou a mancha, Rebekah procurou uma dermatologista. Após passar por exames, ela foi diagnosticada com câncer de pele carcinoma basocelular e passou por uma cirurgia para remover as camadas afetadas da pele. O resultado do procedimento a deixou com um buraco no nariz .

Rebekah explica como o seu vício em bronzeamento se manifestava. “Nos primeiros anos, curti pelo menos de cinco a seis vezes por semana. Outras pessoas me disseram que isso era ruim para mim”, conta. “Adorava o jeito que o bronzeamento me fazia sentir. Me relaxava, me fazia sentir bonita e me dava um brilho que amava”, continua.

Leia também: Mulher é diagnosticada com câncer de pele após achar que estava com espinha

A mulher só começou a prestar atenção em sua pele quando passou a trabalhar em uma empresa de beleza e aprendeu a importância da proteção solar. Mas já era tarde demais. “Eu estava com muito medo”, pontua. “Ouvir a palavra câncer dói. É o pior sentimento do mundo porque você pensa na morte”, desabafa. 

Com o buraco no nariz , ela precisou passar por uma técnica de reconstrução, em que uma veia da testa é ligada ao órgão. Rebekah permaneceu assim por quatro semanas antes de removê-lo. Hoje em dia, ainda está com o nariz inchado, mas quer compartilhar sua experiência para incentivar o uso de protetor solar. 

Leia também: Câncer de pele melanoma: o que causa e quando devo me preocupar?

“Proteja sua pele. Não se bronzeie em camas de bronzeamento ou exponha sua pele à exposição ao sol sem usar protetor solar. Além disso, crie o hábito de ir ao dermatologista pelo menos uma vez por ano. Se você tiver alguma dúvida sobre manchas no corpo, faça o check-up. Se não for nada, pelo menos você terá paz de espírito”, finaliza. 

Fonte: IG Saúde
Comentários Facebook